MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quarta-feira, 27 de outubro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Palácio Nacional de Queluz
N.º de Inventário:
PNQ 1859
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
Retrato de D. Amélia de Leuctenberg e sua filha Maria Amélia
Local de Execução:
Portugal.
Datação:
1842 d.C.
Matéria:
Tinta
Suporte:
Papel
Técnica:
Aguarela
Dimensões (cm):
altura: 28cm; largura: 22,5cm;
Descrição:
Aguarela representando D. Amélia Beauharnais de Leuchtenberg (1812-1873), viúva do rei D. Pedro IV e aqui representada com a única filha que teve de D. Pedro IV, a Princesa Maria Amélia. A duquesa está sentada numa cadeira de madeira dourada entalhada, decorada com motivos florais e forrada a veludo verde. Apresenta um vestido preto com decote pelos ombros, debruado com folho de renda. As mangas, bastante largas e ao nível do cotovelo, são forradas a arminho. Usa fiada de pérolas no cabelo, descrevendo forma oval ao centro com pérola em forma de pingo, suspensa. No pulso esquerdo, pulseira com várias fiadas de pérolas, contendo a efígie do marido. A duquesa abraça a sua filha com a mão direita e com a outra mão segura a mão da filha. A Princesa Maria Amélia, usa um vestido branco. Por trás de ambas, coluna de mármore cinzento e reposteiro de sea cor-de-rosa. À direita da coluna, espaço exterior com árvores. Estojo de marrocain com moldura dourada com vidro.
Incorporação:
Transferência - Transferido da Casa Forte do Palácio das Necessidades. Nº de ordem 168/1957. Valor da avaliação: 3.500$00
Origem / Historial:
Colecção da Casa Real Nº 17.285 da Casa Forte do Palácio das Necessidades Miniatura executada por Auguste de Roquemont, durante o período de residência em Portugal, cópia do retrato a óleo de Friedrich Dürck (1809-1884) de cerca de 1838. O retrato de Dürck foi realizado por ocasião de uma das visitas que a Duquesa de Bragança fez à casa paterna, o Palácio Leuchtenberg (Munique), acompanhada da sua filha. A pintura foi reproduzida em litografia por Ignaz Fertig (Piloty & Loehle, Munique, c. 1839) e por Fidelino José da Silva (oficina de Manoel Luiz da Costa, Lisboa, c. 1840).
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica