MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quinta-feira, 8 de dezembro de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu da Música
N.º de Inventário:
MM Esp TA 3144
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Fotografia
Denominação:
Retrato de Tomás Alcaide na Ópera «Rigoletto» - 1927
Autor:
Desconhecido
Local de Execução:
?
Centro de Fabrico:
?
Datação:
1927 d.C.
Suporte:
Cartão
Dimensões (cm):
altura: 13,7; largura: 8,2;
Descrição:
Retrato de Tomás Alcaide, caracterizado de Duque de Mântua, na Ópera « Rigoletto» - 1º e 3º Actos. Bilhete - postal, fotografia a preto e branco.
Incorporação:
Doação - Espólio de Asta - Rose Alcaide
Origem / Historial:
Esta foi a ópera mais vezes cantada por Tomás Alcaide ao longo da sua carreira; A primeira récita foi em solo português, ainda como amador, no Teatro S. Carlos, em Lisboa, a 26 de Maio de 1924 - a segunda foi já em Itália, em Campobasso, no Teatro Sociale, a 1 de Abril de 1926. A 5 de Abril de 1927, Tomás Alcaide apresenta-se em Krefeld com os ricos trajes de ópera que havia mandado confeccionar ( custando então 5 mil liras ), oferecidos por sua sogra e que lhe merecerão ao longo da vida os mais rasgados elogios. Será no seguimento de uma récita do « Rigolettro » na Ópera de Paris, a 3 de Junho de 1931, em que Alcaide substituiu o seu colega Beniamino Gigli, que o Ministro da Educação francês confere ao cantor o título de ' Officier d'Academie ' ( Palmas Académicas francesas ).
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica