MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sábado, 16 de janeiro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu da Música
N.º de Inventário:
MM Esp TA 3144
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Fotografia
Denominação:
Retrato de Tomás Alcaide na Ópera «Rigoletto» - 1927
Autor:
Desconhecido
Local de Execução:
?
Centro de Fabrico:
?
Datação:
1927 d.C.
Suporte:
Cartão
Dimensões (cm):
altura: 13,7; largura: 8,2;
Descrição:
Retrato de Tomás Alcaide, caracterizado de Duque de Mântua, na Ópera « Rigoletto» - 1º e 3º Actos. Bilhete - postal, fotografia a preto e branco.
Incorporação:
Doação - Espólio de Asta - Rose Alcaide
Origem / Historial:
Esta foi a ópera mais vezes cantada por Tomás Alcaide ao longo da sua carreira; A primeira récita foi em solo português, ainda como amador, no Teatro S. Carlos, em Lisboa, a 26 de Maio de 1924 - a segunda foi já em Itália, em Campobasso, no Teatro Sociale, a 1 de Abril de 1926. A 5 de Abril de 1927, Tomás Alcaide apresenta-se em Krefeld com os ricos trajes de ópera que havia mandado confeccionar ( custando então 5 mil liras ), oferecidos por sua sogra e que lhe merecerão ao longo da vida os mais rasgados elogios. Será no seguimento de uma récita do « Rigolettro » na Ópera de Paris, a 3 de Junho de 1931, em que Alcaide substituiu o seu colega Beniamino Gigli, que o Ministro da Educação francês confere ao cantor o título de ' Officier d'Academie ' ( Palmas Académicas francesas ).
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica