MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
terça-feira, 25 de fevereiro de 2020    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu da Música
N.º de Inventário:
MNM 0011
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Instrumentos musicais
Denominação:
Lira de Gamba
Autor:
Morella, L.
Local de Execução:
Italia
Centro de Fabrico:
Itália, Mântua
Datação:
1550 d.C.
Matéria:
Pinho
Dimensões (cm):
altura: a=74; largura: l1=315;l2=245;l3=443; comprimento: C=1103;c=697;
Descrição:
Cordofone friccionado, com cavalete, com braço. Tampo em pinho inteiro, bombeado e com rosácea talhada à altura dos cantos superiores. Ilhargas e costas de duas metades. Braço terminando em cravelhame liso com forma de túlipa; nove cravelhas frontais. Aberturas acústicas em f . Nove cordas e seis trastos móveis. .
Incorporação:
Compra - Proveniente da Colecção Keil (adquirido pelo Conservatório Nacional aos herdeiros de Carvalho Monteiro)
Origem / Historial:
As liras de gamba, baixos dos instrumentos conhecidos como liras da braccio, foram principalmente divulgadas na Itália dos séculos XV e XVI, tendo ganho importância ao longo do século XVI como instrumentos para o baixo contínuo nos intermezzos sacros. A peça exposta, construída na década de 1550 pelo italiano L. Morella, de Mântua, tem de surpreendente o facto do tampo harmónico ser inteiro e bombeado, com pequenas rosáceas talhadas, e o braço terminar em cravelhal com a forma de tulipa.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica