MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quarta-feira, 20 de setembro de 2017    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional Soares dos Reis
N.º de Inventário:
1 Esc MNSR
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Escultura
Título:
Saudade
Autor:
Reis, António Manuel Soares dos
Local de Execução:
Portugal, Porto
Datação:
1878 d.C.
Matéria:
Gesso
Técnica:
Moldado, patinado
Dimensões (cm):
altura: 106; largura: 28; profundidade: 20,5;
Descrição:
Figura feminina de cabelo preso na nuca num puxo entrançado e indumentária clássica, de pé sobre uma base circular. Apresenta a cabeça levemente inclinada sobre a sua mão direita e o olhar vago, dirigido à distância; com a mão esquerda segura o manto envolvente, sob o qual uma túnica presa ao ombro com firmal deixa visível o braço (dextra). As vestes são esculpidas de forma a acentuar as linhas verticais que pendem até aos pés fazendo contraste com as pregas em V dos drapeados.
Incorporação:
Outro - Fundo Antigo do Museu, proveniente da Escola de Belas Artes do Porto.
Origem / Historial:
Modelo para o mármore encomendado a Soares dos Reis para o túmulo do banqueiro Francisco de Oliveira Chamiço. Em 1890 esta obra foi apresentada entre 12 peças em gesso, incluindo um conjunto de 10 baixos-relevos de assuntos decorativos e ornamentais, na Exposição de Trabalhos Escolares dos Alunos da Academia Portuense de Belas Artes, onde consta na secção de ofertas em Escultura do catálogo; aqui se refere a compra de vários objetos no leilão do espólio do falecido estatuário António Soares dos Reis, por ordem do Ministro da Instrução Pública e Belas Artes, e a oferta dos referidos gessos à Academia do Porto. Está documentado em 29.01.1891 que o valor da compra do mencionado espólio orçou a quantia de 926$098 reis (FBAUP, Lv. 2, ofícios para diversas autoridades 1885-1903, f. 46). A obra em causa foi inventariada no Museu Nacional de Soares dos Reis (reorganizado pelo Dec. n.º 21 504, de 25 de Julho de 1932) onde erradamente, portanto, se diz ter sido uma "oferta de Soares dos Reis à Academia Portuense de Belas Artes para servir de modelo".
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica