MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quinta-feira, 19 de outubro de 2017    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arte Antiga
N.º de Inventário:
584 Esc
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Escultura
Denominação:
Santa Ana ensinando a Virgem a ler
Autores:
José de Abreu do Ó
Tomás Lopes
Machado de Castro, Joaquim
Local de Execução:
Portugal; Lisboa
Oficina / Fabricante:
Joaquim Machado de Castro
Datação:
1783 d.C. - 1784 d.C.
Matéria:
Madeira (pinho da Flandres?). Olhos de vidro.
Técnica:
Escultura de vulto pleno. Dourada, estofada e policromada.
Dimensões (cm):
altura: 83; largura: 41,5; profundidade: 47;
Descrição:
Grupo escultórico de Santa Ana ensinando a Virgem a ler assente sobre base quadrangular de ângulos cortados com rocalha dourada aplicada no centro da face principal. Santa Ana, sedente em cadeira de braços de espaldar alto, tem a cabeça voltada para o lado esquerdo a olhar a Virgem representada como Menina. Com a mão esquerda segura ao alto o Livro encadernado de pele com ferros e folhas douradas. Tem o braço direito pousado sobre as costas da Virgem. Santa Ana enverga vestido cingido na cintura, estofado com motivos de ramagens e rocalhas largas de fundo dourado e pintadas de verde, véu sobre a cabeça dispondo-se como lenço sobre os ombros e o colo, apertado em nó à frente, e manto lançado sobre os ombros, agrupado sobre o regaço em prega média de volutas. Calçada. A Virgem, de mãos postas, tem a cabeça voltada para o alto. Enverga vestido de decote redondo e manto pregueado lançado sobre os ombros e agrupado sobre os antebraços. Mostra os cabelos trabalhados em toucado entrançado. Calçada. Policromia com dominantes dourado, vermelho, castanho. Carnações. Estofado com esgrafitado nos panejamentos. Grupo dinâmico.
Incorporação:
Transferência - Lisboa, Hospital de São José (13).
Origem / Historial:
Encomenda de D. Maria I para o convento de Nossa Senhora da Conceição de Arroios, em Lisboa, cujos primeiros pagamentos estão documentados e datados de 1783. Joaquim Machado de Castro dirigiu os trabalhos, o marceneiro e entalhador José de Abreu do Ó executou a cadeira, e a pintura e dourados ficaram a cargo de Tomás Lopes. Em 24 de Julho de 1784, Joaquim Machado de Castro assina o recibo, no valor de e 112$440, da despesa que se fez com a imagem, nomeadamente com a madeira, que identifica como sendo de pinho da Flandres, com o grude e os pregos, com o trabalho do carpinteiro, dos escultores, e do ourives da prata. Em documento de 3 de Março de 1784, Joaquim Fellipe Duarte, ourives, passara recibo do diadema de prata ("de patacas feito à maneira de pedras abrilhantadas"), e do resplendor de prata para "a Menina da mesma santa". Estas peças não fazem, hoje, parte do conjunto. A imagem deu entrada nas colecções do Museu de Arte Antiga em 1928, proveniente do Hospital de São José. A história do seu percurso até ao Hospital de São José é desconhecida. * Forma de Protecção: classificação; Nível de Classificação: interesse nacional; Motivo: Necessidade de acautelamento de especiais medidas sobre o património cultural móvel de particular relevância para a Nação, designadamente os bens ou conjuntos de bens sobre os quais devam recair severas restrições de circulação no território nacional e internacional, nos termos da lei n.º 107/2001, de 8 de Setembro e da respectiva legislação de desenvolvimento, devido ao facto da sua exemplaridade única, raridade, valor testemunhal de cultura ou civilização, relevância patrimonial e qualidade artística no contexto de uma época e estado de conservação que torne imprescindível a sua permanência em condições ambientais e de segurança específicas e adequadas; Legislação aplicável: Lei n.º 107/2001, de 8 de Setembro; Acto legislativo: Decreto; N.º 19/2006; 18/07/2006 *
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica