MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quarta-feira, 1 de dezembro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea
N.º de Inventário:
281
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Escultura
Denominação:
Desespero da dúvida
Datação:
1915 d.C.
Matéria:
Gesso
Técnica:
Escultura em gesso
Dimensões (cm):
altura: 177; largura: 64; profundidade: 76;
Descrição:
Um homem nu de pé, encostado a um rochedo, com os grandes pés contorcidos para dentro, de expressão angustiada, cruza os braços ao nível do peito e apoia desesperadamente o rosto na mão esquerda, numa atitude de angústia existencial, que cita directamente "O Pensador", de Auguste Rodin. Influências de Meunier se poderão apontar, igualmente, sobretudo na expressividade textural e aspereza do gesso. Apesar dos valores oitocentistas (ainda que os mais modernos, como o simbolismo) de que se enforma esta escultura do artista açoriano, Pedro Lapa considera-a, pela sua "recusa da tradição academizante e na liberdade de tratamento matérico associada a um desejo de inovação" (cf. catálogo do Museu do Chiado, p. 266), uma escultura que marca a charneira entre os séculos XIX e XX portugueses, e Raquel Henriques da Silva vê-a igualmente como uma "das mais inovadoras de toda a escultura nacional da primeira metade do século" (cf. Bilbiografia).
Incorporação:
Compra - Adquirido pelo Estado
Origem / Historial:
Adquirido pelo Estado em 1916.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica