MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sábado, 3 de dezembro de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea
N.º de Inventário:
36
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
A feira
Datação:
1910 d.C.
Matéria:
Óleo
Suporte:
Tela
Técnica:
Pintura a óleo
Dimensões (cm):
altura: 277; largura: 400;
Descrição:
Pintura de género. Sob a copa de um grande pinheiro, que ocupa a metade superior da tela, cobrindo na quase totalidade o azul do céu luminoso, descansa um largo grupo de homens e mulheres do povo, vestidos com trajes ribatejanos, com alguns jumentos e cavalos munidos de alforges.
Incorporação:
Transferência - Academia de Belas Artes
Origem / Historial:
Este grande quadro deu entrada no MNAC, na direcção de Carlos Reis (1911-14), em substituição do quadro O pôr do sol, perdido em 1901 no naufrágio do vapor Saint-André, que transportava parte das obras de arte expostas na Exposição Universal de Paris, 1900. Integrado no MNAC em 1911 por transferência da Academia Nacional de Belas Artes. Intervenções de conservação e restauro: - A obra foi intervencionada em 1969, no Laboratório José de Figueiredo (processo nºrest.72/69). Tratamento: Entretelagem a a cera com goma Elemi, remoção do verniz amarelecido e de retoques alterados, com white spirit e pequena percentagem de álcool e dimetilformamida, preenchimento das lacunas com massa de caulino e totin e integração das mesmas com tinta a óleo e verniz, aplicação de verniz de retoque Talens no final.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica