MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
terça-feira, 19 de outubro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional do Teatro
N.º de Inventário:
MNT 132227
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Traje
Denominação:
Auto da Alma (V Centenário de Gil Vicente) /Cª Rey Colaço Robles Monteiro/T.N. São Carlos
Título:
Traje "Alma"
Autor:
Almada Negreiros
Datação:
1965 d.C.
Matéria:
Fio de seda cinzento; fio de algodão branco; fio de lã preto; fio de algodão vermelho.
Técnica:
Malha;tafetá; bordado aplicado; feltro.
Dimensões (cm):
altura: 137; largura: 54;
Descrição:
Traje executado para a peça "Auto da Alma" de Gil Vicente. Representação única pela Companhia Rey Colaço Robles Monteiro, no Teatro Nacional de S. Carlos, em 1965, por ocasião das comemorações do V centenário de Gil Vicente.A personagem "Alma" foi interpretada pela actriz Maria Lalande. Vestido de malha de seda cinzenta com decote subido, com mangas duplas e folho pregueado nas costas.Capa de algodão branco com aplicações de feltro preto imitando arminho, forrada a algodão vermelho.
Incorporação:
Doação - Jorge de Brito
Origem / Historial:
Auto da Alma de Gil Vicente apresentada pela Cª Rey Colaço Robles Monteiro no Teatro Nacional de S. Carlos em 1965,na Récita de Gala, no âmbito das comemorações do V Centenário de Gil Vicente. Encenação, cenários e figurinos de Almada Negreiros, direcção artística de Amélia Rey Colaço, direcção plástica de Lucien Donnat e direcção de cena de Pedro Lemos. Interpretações de Maria Lalande, Rui Pedro, Mariana Rey Monteiro, Manuel Correia, Paiva Raposo, José Cardoso, Varela Silva e Benjamim Falcão
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica