MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quinta-feira, 23 de maio de 2019    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu de Évora
N.º de Inventário:
ME 1513
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
Morte da Virgem
Autor:
Círculo de Gerard David
Datação:
1495 d.C. - 1510 d.C.
Suporte:
Madeira de carvalho
Técnica:
Óleo
Dimensões (cm):
altura: 188,5; largura: 111;
Descrição:
Segundo a Lenda Dourada de Jacques de Voragine, a Virgem não se consolando da morte do seu filho, foi visitada por um anjo que lhe anunciou a sua morte próxima. Então a Virgem terá manifestado o desejo que todos os apóstolos estivessem presentes nesse momento. Nesta pintura a Virgem acaba de morrer, e o seu corpo envolvido no manto repousa na sua cama e o seu rosto pálido e envelhecido mostra a sua idade. O leito da Virgem situa-se numa diagonal e os apóstolos encontra-se à sua volta. Do lado esquerdo, encontra-se São Pedro vestido com um pluvial na qualidade de oficiante acaba de colocar uma vela acesa entre as mãos da Virgem e pelo seu rosto envelhecido correm lágrimas de desgosto. Este sofrimento é visível em todos os rostos dos apóstolos que, vestidos com largas túnicas e com os pés descalços nos lembram precisamente a sua missão. Rodeando São Pedro encontra-se um grupo de quatro apóstolos, um dos quais se encontra ajoelhado e de mãos postas. Do lado esquerdo, um outro grupo de três apóstolos, dois dos quais estão face a face, como que consolando-se mutuamente. Logo em primeiro plano, um apóstolo está sentado de frente para o espectador e, do lado direito, dois outroa apóstolos ajoelhados um dos quais rezando de mãos postas. Por cima da cabeça da Virgem, sobre o fundo da cortina do dossel do leito, está representada a cena da ascenção da alma da Virgem ao céu, transportada por quatro anjos. Do lado esquerdo, abre-se uma janela sobre uma paisagem que deixa ver uma outra cena secundária. São Tomé esteve ausente na altura da Assunção da Virgem e, tal como tinha acontecido em relação a Cristo, não quis acreditar. Então a Virgem enviou-lhe do céu o seu cinto para que ele acreditasse que ela tinha realmente subido aos céus.
Incorporação:
Transferência - Transferência da Biiblioteca Pública de Évora
Origem / Historial:
Quadro pertencente à colecção de D. Frei Manuel do Cenáculo (PINT ME 1501-13) * Forma de Protecção: classificação; Nível de Classificação: interesse nacional; Motivo: Necessidade de acautelamento de especiais medidas sobre o património cultural móvel de particular relevância para a Nação, designadamente os bens ou conjuntos de bens sobre os quais devam recair severas restrições de circulação no território nacional e internacional, nos termos da lei n.º 107/2001, de 8 de Setembro e da respectiva legislação de desenvolvimento, devido ao facto da sua exemplaridade única, raridade, valor testemunhal de cultura ou civilização, relevância patrimonial e qualidade artística no contexto de uma época e estado de conservação que torne imprescindível a sua permanência em condições ambientais e de segurança específicas e adequadas; Legislação aplicável: Lei n.º 107/2001, de 8 de Setembro; Acto Legislativo: Decreto; N.º 19/2006; 18/07/2006 *
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica