MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
domingo, 10 de dezembro de 2023    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arqueologia
N.º de Inventário:
10043 F
Supercategoria:
Arqueologia
Categoria:
Adereços (e objectos de adorno)
Denominação:
Conta de osso
Grupo Cultural:
Neolítico e Calcolítico do Sul de Portugal
Datação:
Calcolítico
Matéria:
Osso
Técnica:
Talhe, polimento e perfuração
Dimensões (cm):
espessura: 2 mm; diâmetro: 1,3;
Descrição:
Conta discóide de osso, com perfuração central.
Incorporação:
Outro - Mandato legal. Campanha arqueológica
Proveniência:
Necrópole de Alcalar - Monumento 3
Origem / Historial:
A Necrópole de Alcalar foi descoberta em 1880 pelo Padre Nunes da Glória que realizou a primeira escavação no local, tendo colocado a descoberto o Monumento I. Em 1882, Estácio da Veiga procedeu a uma nova escavação no local, tendo identificado mais monumentos. No total Estácio da Veiga colocou a descoberto sete monumentos do complexo funerário, tendo identificado outros, que viriam a ser estudados no século XX por outros investigadores, como Santos Rocha e José Formosinho. Mais recentemente foi descoberto o povoado que possivelmente corresponderá à Necrópole. A necrópole descoberta por Estácio da Veiga contava com um total de sete monumentos, actualmente conhecem-se um total de dezoito monumentos, edificados em vários agrupamentos. As peças descobertas por Estácio da Veiga foram incorporadas no MNA por decreto ministerial em 1893.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica