MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
domingo, 29 de maio de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arqueologia
N.º de Inventário:
Au 165
Supercategoria:
Arqueologia
Categoria:
Ourivesaria
Denominação:
Bracelete
Datação:
Idade do Bronze Final
Matéria:
Ouro
Técnica:
Fundição e martelagem
Dimensões (cm):
espessura: 0,9; diâmetro: 7,1;
Descrição:
Bracelete elipsoidal aberto, de aro maciço e liso de secção circular, adelgaçando do centro para as extremidades, que se encontram afastadas e afeiçoadas por martelagem. Uma das extremidades possui, no topo, uma pequena depressão quadrangular.
Incorporação:
Compra - Dr. José Leite de Vasconcelos
Proveniência:
Redondo, Évora
Origem / Historial:
*Forma de Protecção: classificação; Nível de Classificação: interesse nacional; Motivo: Necessidade de acautelamento de especiais medidas sobre o património cultural móvel de particular relevância para a Nação, designadamente os bens ou conjuntos de bens sobre os quais devam recair severas restrições de circulação no território nacional e internacional, nos termos da lei nº 107/2001, de 8 de Setembro e da respectiva legislação de desenvolvimento, devido ao facto da sua exemplaridade única, raridade, valor testemunhal de cultura ou civilização, relevância patrimonial e qualidade artística no contexto de uma época e estado de conservação que torne imprescindível a sua permanência em condições ambientais e de segurança específicas e adequadas; Legislação aplicável: Lei nº 107/2001, de 8 de Setembro; Acto Legislativo: Decreto; nº 19/2006; 18/07/2006* Este bracelete foi encontrado, casualmente, num olival próximo do Redondo, Évora, em Novembro de 1921, tendo sido posteriormente adquirido pelo Dr. José Leite de Vasconcelos. A depressão que apresenta numa das extremidades foi feita, na altura da sua descoberta, para de verificar a natureza do metal.

Bibliografia

COFFYN, André - Le Bronze Final Atlantique dans la Péninsule Ibérique. Paris: Diffusion de Boccard, 1985, pág. p.234, mapa 46

HARTMANN, A. - Prahistorische Golfund aus Europa II, Spektranalalysche Untersuchunen und deren Auswertung. Berlin: Ger. Man Verlag., 1982, pág. p.102

INVENTÁRIO do Museu Nacional de Arqueologia - Colecção de Ourivesaria, vol. I. Lisboa: IPM, 1993, pág. 110-111, nº 50

MONTEAGUDO, L. - Orfebrería del NW Hispanico en la Edad del Bronce. Madrid: Arch. Espanol Arqueol.XXVI,88, 1953, pág. p.295

PINGEL, V. - Die Vorgeschichtlichen Golfund ..., Eine Archaologische Untersuchung zur Auswertung der Spektral. Berlim / New York: Walter de Gruyter, 1992, pág. p.291, n.249

TESOUROS da Arqueologia Portuguesa. Lisboa: Museu Nacional de Arqueologia, 1980, pág. Cat.57

 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica