MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sábado, 18 de novembro de 2017    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

   
     
   
Um Gosto Privado, Um Olhar Público. Doações
Museu Nacional de Arqueologia



Apresentação

 


Um gosto privado um olhar público : Doações


A exposição «Um Gosto Privado - Um Olhar Público. Doações», que evoca a recente doação, de uma importante colecção, por um particular, apresenta pela primeira vez as três mais importantes doações feitas até à data ao Museu. Da magnífica colecção arqueológica de D. Luís Bramão, o mais recente doador, salientam-se as urnas cinerárias, os vasos vilanovienses e etruscos e as cerâmicas gregas. Pela sua raridade, destaca-se, finalmente, um espelho etrusco em bronze com a representação do «Julgamento de Páris».

O núcleo de Arqueologia da colecção Francisco Barros e Sá que foi integrado no Museu, em 1984, é constituído por peças muito variadas, cobrindo épocas e culturas que vão desde os tempos pré-históricos até ao período medieval. Salientam-se os objectos egípcios (bronzes figurativos, amuletos, chauabtis, terracotas...), as cerâmicas gregas, os candelabros etruscos, os unguentários e as lucernas romanas, algumas de temática oriental, e sobretudo um importante tesouro de vasos de prata ibéricos.

Do núcleo de peças arqueológicas da colecção António Júdice Bustorff Silva, doado em 1959, salienta-se um conjunto de peças, muito provavelmente adquirido no Sul de Espanha, constituído por “Bronzes Votivos Ibéricos” da Idade do Ferro, tão raros nas colecções dos museus portugueses, e as cerâmicas de “paredes finas” da Bética. De igual importância são os conjuntos de joalharia antiga e os recipientes em vidro da Época Romana.



imagem
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica