MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sábado, 24 de fevereiro de 2024    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE ENTIDADE
Museu:
Museu da Cerâmica
Denominação:
Füller, Josef
Tipo:
Autor
Nascimento:
Viena, Áustria, 1861
Óbito:
1927
Biografia:
Josef Füller, nasceu na casa nº 6 de Hernals, um bairro do 17º distrito de Viena, em 15 de Fevereiro de 1861. Era filho de católicos, do comerciante Carl Fuller. Depois da Escola prepartória, Josef Füller, já como aluno ordinário, esteve na Escola de Arte Industrial do Imperial Real Museu Austríaco de Arte e Indústria em Viena, durante quatro anos, desde o 2º semestre de 1883. Na Imperial Real Academia das Belas-Artes em Viena frequentou o Curso Geral de Escultura, de 1883-1884 a 1885-1886. Em 1886 fez o Curso Especial da Escola Superior de Escultura, de 1886 a 1887. Em Junho de 1889, ensinou na Escola de Desenho Industrial Jácome Ratton em Tomar. No ano lectivo de 1890-1891 deu as cadeiras de Desenho Elementar, Desenho Geométrico e Desenho de Ornato.Em 1906, modelou um busto em bronze do médico e fundador do Instituto de Bacteriologia de Lisboa, Dr. Luís da Câmara Pestana. Foi apresentado como escultor, professor de modelação e ornato na Escola Industrial em Xabregas, publicou um livro intitulado Manual do Formador e Esducador, de que houve uma 2ª edição. Em 1908, saiu a primeira de três edições da sua obra chamada Elementos de Modelação de Ornato e Figura. O artista germânico parecia ter uma predilecção especial pelo antigo bairro lisboeta da Graça. Em 1904, vivia na Rua da Graça, nº 140 e em 1926, habitava na Rua da Bela Vista à Graça, nº 152. Conforme Joaquim de Vasconcelos, Fuller era um excelente artista-decorador. Depois de ter trabalhado num meio diferente, exerceu salutar influência na fábrica prometedora e artística de Caldas da Rainha, propriedade do fidalgo oleiro Visconde de Sacavém. Quando, em 1896, o empreendimento foi transferido para Lisboa, na zona de Campolide, onde funcionou ainda até 1899, o escultor austríaco modou-se igualmente para a capital portuguesa. De 1896 a 1916, assumiu o cargo de professor contratado de Desenho Ornamental e Modelação e de 1922 a 1926 o de professor provisório de Desenho Ornamental e Modelação da Escola Industrial Afonso Domingos em Lisboa-Xabregas. Entre 1916 e 1922, terá ficado afastado da escola, uma vez que, durante a Grande Guerra, Portugal e a Austria estavam a combater em lados opostos. Em 1926 Josef Fuller volta a constar de uma lista de professores da disciplina de Desenho Geral.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica