MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sábado, 26 de setembro de 2020    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Palácio Nacional da Ajuda
N.º de Inventário:
4084
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
A leitura da sina
Autor:
Valentin, Jean ou Jean de Boulogne, chamado Moise Valentin (1591-1632)
Datação:
XVII d.C.
Matéria:
Óleo
Suporte:
Tela
Dimensões (cm):
altura: 97; largura: 131;
Descrição:
No primeiro plano, à direita, uma mulher, de tez escura, envergando uma túnica castanha e um lenço branco franjado e debruado a ouro, que lhe cobre a cabeça e os ombros, lê a sina a um jovem, à esquerda, que para isso lhe estende a mão e enverga uma túnica vermelha, um capote castanho e um chapéu emplumado. Por detrás dele, no segundo plano, vê-se uma personagem idosa, com um lenço branco ao pescoço, colocando o indicador esquerdo sobre os lábios, numa atitude de cumplicidade com a leitora da sina, ao mesmo tempo que, com a mão direita, tenta furtar a bolsa do jovem.
Incorporação:
Transferência - Pertencia à colecção de pintura do Rei D. Luís.
Origem / Historial:
Segundo o próprio D. Luís, em anotação manuscrita junto à fotografia do quadro, colada nas últimas páginas do seu Álbum de Caricaturas, a obra foi adquirida em Lisboa e atribuída a Girodet. Integrou o acervo da Galeria de Pintura de D. Luís, figurando nos catálogos de 1869 e 1872, respectivamente com os números 2 e 10 (Segunda Sala - Quadros Antigos). Conforme a lista de partilha de bens de 1899 (por morte de D. Luís), a pintura recebeu o n.º 201 e figurava, então, na Sala da Música. Quando da elaboração do Arrolamento Judicial, iniciada em 1911, permanecia na mesma Sala e foi inventariada com o n.º I 41. Após 1968, foi colocada na Sala do Corpo Diplomático e, depois, na Salinha Verde do Andar Nobre, na Antiga Sala do Bilhar e no Corredor Administrativo. Em 2003, transitou para a Sala do Retrato da Rainha, onde se mantém.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica