MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quinta-feira, 21 de outubro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Palácio Nacional da Ajuda
N.º de Inventário:
56993
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
Marinha
Datação:
1886 d.C.
Matéria:
Óleo
Suporte:
Tela
Dimensões (cm):
altura: 63,5; largura: 159,1;
Descrição:
Trecho do estuário do Tejo. O primeiro plano é preenchido por um conjunto central de barcos na areia, cujos mastros se elevam, cortando o céu. Diante deles, uma rede estendida seca ao sol, estando, à esquerda, uma mulher sentada e uma criança e, à direita, um pescador. No segundo plano, sobre as águas do rio, navegam dois veleiros, um em cada flanco da composição. Ao fundo, pequenas embarcações à vela marcam a linha do horizonte.
Incorporação:
Transferência - Peça transferida do palácio de Belém para o Palácio da Ajuda, por ocasião das obras de redecoração de interiores, em 1929
Origem / Historial:
A peça faz parte de um conjunto de sete pinturas encomendado a João Vaz, para a decoração da Sala do Bilhar ou de D. João V do Palácio de Belém. Para a execução destas sobreportas, Vaz inspirou-se na pintura mural do século XVIII existente na sala. Com a redecoração de 1929, foram transferidas para o Palácio da Ajuda. Esta está em depósito, desde1938, no Palácio de S. Lourenço, onde esteve colocada no antigo gabinete do Governador, tendo conhecido outras localizações provisórias, entre 1976 e 1994. Foi definitivamente colocada na Sala do Baluarte, após as obras de beneficiação, concluídas em 1995. Deste conjunto de pinturas, fazia parte a marinha inv.º 41512, que se perdeu no incêndio ocorrido no Palácio da Ajuda, em 1974.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica