MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quinta-feira, 8 de dezembro de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu José Malhoa
N.º de Inventário:
Esc 222
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Escultura
Denominação:
Estátua
Título:
Ramalho Ortigão
Datação:
1952 d.C. - 1959 d.C. - Época Contemporânea
Matéria:
Pedra
Dimensões (cm):
altura: 270;
Descrição:
Figura masculina, de pé, em posição frontal, sobre base de secção rectangular. Porte altivo, pernas afastadas, com a direita ligeiramente avançada; com o polegar da mão esquerda apoiado no bolso das calças, segura o chapéu de abas com os dedos médio, anelar e mínimo; com as luvas agarradas, apoia a mão direita numa bengala. Cabelo curto com risco ao lado, penteado para a sua direita, longas suíças e bigode farto, de pontas enroladas. Veste capa comprida, aberta e afastada para trás, sobre calças e casaco, colete, camisa de colarinho alto e gravata; da gola do colete, pendem óculos de leitura sem hastes, presos por longo fio e parcialmente tapados pelo casaco, no peito, do lado direito.
Incorporação:
Doação - Oferta pelo Ministério das Obras Públicas
Origem / Historial:
A estátua em pedra em homenagem a Ramalho Ortigão foi inaugurada em 15 de Maio de 1959. Estiveram presentes o Ministro da Educação Nacional, o Sub-Secretário do Ministro das Obras Públicas, o Presidente da Junta de Província da Estremadura e o próprio escultor, entre outras individualidades. Na cerimónia inaugural, proferiram discurso o Ministro da Educação Nacional, Prof. Leite Pinto, o Deputado da Nação, Dr. Américo Cortês Pinto, o Presidente da Junta de Província da Estremadura, Eng. Santos Pedroso, e Severo Portela Júnior. Descerraram a estátua Manuel Ortigão Burnay, neto do escritor, e o Ministro da Educação Nacional, Prof. Leite Pinto. No final da cerimónia inaugural, o Prof. Leite Pinto galardoou o Escultor Leopoldo de Almeida, autor do monumento, e o Eng. António dos Santos Pedroso, Presidente da Junta de Província da Estremadura, com a insígnia da Ordem de Instrução Pública. Augusto Cardoso Pinto, Director do Museu Nacional dos Coches, vice-secretário da Academia Nacional das Belas Artes, agraciou António Montês com a insígnia de Vogal Honorário daquela academia. Depois da cerimónia inaugural as diversas individualidades visitaram a Exposição de Escultura ao Ar Livre, inaugurada no mesmo dia, e o Museu de José Malhoa. O gesso desta estátua esteve presente na I Exposição de Escultura ao Ar Livre, no Parque D. Carlos I, em 1957. Foi passada a pedra por oferta do Ministério das Obras Públicas. No Porto, no Campo dos Mártires da Pátria, no Jardim da Cordoaria, existe outro exemplar em pedra, assinado LEOPOLDO DE ALMEIDA, e datado de 1953 (?), no lado direito da base. O Museu possui um estudo, datado de 1952. Este objecto está relacionado com os seguintes objectos (2.0): Nº de inventário: MJM Esc 100; Denominação: Ramalho Ortigão - Estudo; Localização: Museu de José Malhoa, Reservas Nº de inventário: ; Denominação: Estátua de Ramalho Ortigão; Localização: Campo dos Mártires da Pátria, Jardim da Cordoaria, Porto Nº de inventário: ; Denominação: Estátua de Ramalho Ortigão (gesso); Localização: Desconhecida
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica