MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu José Malhoa
N.º de Inventário:
Esc 75
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Escultura
Título:
Estudo
Autor:
Gameiro, Ruy (Venteira, 1907 - Sintra, 1935)
Datação:
1930 d.C. - 1931 d.C. - Época Contemporânea
Matéria:
Gesso patinado
Dimensões (cm):
altura: 76,5; largura: 27,5; profundidade: 30;
Descrição:
Figura masculina sentada sobre uma base cúbica alta; tem a perna esquerda ligeiramente recuada e a cabeça quase de perfil, voltada sobre o seu ombro direito; a mão direita cai ao longo do corpo, segurando um escudo, posicionado na vertical, junto ao corpo, contra a base; este escudo tem gravada a imagem de um pelicano com as asas abertas sobre um camaroeiro, apresentando a inscrição POLA LEI E POLA GREI; a mão esquerda segura o punho de uma espada, na vertical, com a ponta tocando a base. De expressão dura e firme, apresenta barba e cabelo pela nuca, com franja. Veste saio curto e usa manto régio com gola larga de arminho, apertado na cintura com cinto e fivela. Sobre a gola ostenta um colar com aros justapostos; calça botas de cano alto, abaixo dos joelhos.
Incorporação:
Doação - Oferta da família Roque Gameiro
Origem / Historial:
Estudo para a estátua do Rei D. João II. Em Janeiro de 1931, foram apresentadas a concurso, na Câmara Municipal de Lisboa, seis maquetas para estátuas dos monarcas D. João II e D. Manuel I, a serem erigidas na Avenida da Índia. Para além de Rui Gameiro, os concorrentes eram Maximiano Alves e António da Costa. Rui Gameiro alcançou o primeiro lugar com esta representação de D. João II. Passada a pedra, em tamanho monumental, foi colocada entre o Mosteiro dos Jerónimos e o rio Tejo. Com a Exposição do Mundo Português, foi exposta na sala dedicada ao rei. Desconhecendo-se o seu paradeiro actual, o gesso encontra-se no Museu da Marinha. Em 1955, este estudo, bem como o da representação de D. Manuel I, foram oferecidos pela família do escultor ao Museu de José Malhoa. Este objecto está relacionado com os seguintes objectos (2.0): Nº de inventário: MJM Esc 76; Denominação: Estudo; Localização: Museu de José Malhoa
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica