MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
terça-feira, 7 de dezembro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu da Música
N.º de Inventário:
MNM 0142
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Instrumentos musicais
Denominação:
Flauta Transversal
Local de Execução:
Lisboa
Centro de Fabrico:
Portugal
Datação:
1835 d.C.
Matéria:
Tubo do instrumento: ébano Chaves: prata Rolha de afinação: ébano e prata Anéis: prata
Dimensões (cm):
diâmetro: 1=18.7; 2=15.2; 3=10.1; comprimento: C=683;c=605;
Descrição:
Aerofone de aresta, sem canal: seis orificios para os dedos;oito chaves:ºDó,Dó#, Mib, Fá transversal, Fá, Sol#, sib(com duas hastes, para o polegar esquerdo e para o indicador direito), dó ;fundamental relativa:dó3 Tubo de três peças em ébano; guarnições e virolas lavradas em prata e ilhós para todos os orifícios do mesmo metal; chaves em prata, de tampas lavradas em forma de concha, montadas em cavaletes do mesmo metal. in "A Presença da Flauta Traversa em Portugal de 1750 a 1850", 2005, de Alexandre Andrade: Número de Chaves: 8 Descrição e Identificação das chaves: Pé + Corpo secção inferior; dó, dó#, ré# fá e longa de fá Corpo secção superior; sol#, síb (de duplo mecanismo) e dó Técnica de fixação da chave: cavalete e eixo montado em balaústre de metal Forma do tampo da chave: concha Número de secções: 3 Tubo: cónico Aspectos relevantes: Instrumento em três secções onde o corpo secção inferior e pé formam uma única peça. Chave de síb com duplo mecanismo. Ilhós em todos os orifícios (dedos e embocadura). Único instrumento localizado proveniente do Arsenal do Exército.
Incorporação:
Legado - Proveniente da Colecção Keil
Origem / Historial:
A família de construtores de instrumentos Haupt, de origem berlinense, estabeleceu-se em Lisboa, pouco antes do terramoto de 1755. Segundo alguns autores Frederico Haupt, o primeiro chefe da família terá vindo para Portugal a convite do Marquês de Pombal, para aqui desenvolver a indústria de fabrico de instrumentos. Frederico Haupt fabricava oboés, flautas, clarinetes, fagotes e demais instrumentos da família das madeiras e eram semelhantes aos construídos na Alemanha. A marca que utilizava era uma cabeça humana de perfil, encimada pelo apelido da família e seguida do nome da cidade de Lisboa. O facto de todos os descendentes utilizarem a mesma marca, dificulta a identificação exacta da autoria dos instrumentos, podendo apenas fazer-se suposições baseadas em algumas características técnicas dos mesmos. Assim, somente através das datas que em alguns instrumentos se encontram gravadas, pode presumir-se a autoria dos construtores: António José Haupt, filho mais novo de Frederico Haupt nasceu em Berlim em 1751e faleceu em 1811. Ernesto Frederico Haupt, que lhe sucedeu, viria a tornar-se o mais conceituado da família, oque lhe valeu ser designado por Haupt pai. tornando-se fabricante de instrumentos musicais no arsenal do exército, em 1835. todos estes instrumentos que se fabricaram neste período eram marcados com as iniciais A.E. apostas à marca inicial dos Haupt. Ernesto Haupt teve três filhos, sendo só os dois primeiros a seguir o ofício da família : José Frederico Haupt ( 1818-1857 ) Ernesto Frederico Haupt Junior ( 1821-1890 ) Augusto Frederico Haupt ( 1839-1897 ) - músico profissional
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica