MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
terça-feira, 25 de janeiro de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu da Guarda
N.º de Inventário:
733
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Armas
Denominação:
Espingarda de percussão
Título:
Espingarda
Autor:
Desconhecido
Local de Execução:
Espanha.
Centro de Fabrico:
Cazorla. Jaen.Andalucia. Espanha. (armaria).
Datação:
1825 d.C.
Matéria:
Aço, madeira, prata, ouro.
Dimensões (cm):
comprimento: 125;
Descrição:
Espingarda de percussão. Epingarda de pederneira transformada em percussão. Cano quintavado até 34 cm de comprimento passando a partir daí a ser cilindrico até ao final. A separação faz-se por círculo de pontos, dois círculos concêntricos que delimitam decoração floral. Nas trés faces mais largas do cano a partir da cauda que é delemitada por decoração vegetal. A seguir cinco punções: duas flores de liz, um leão rompante para a esquerda e uma indecifravél, e NEGIEYO coroado. A seguir inscrutações a prata de motivos florais e ntre elas a legenda: ECHO EN CAZORLA ANO 1825 Tem ponto de mira a 2,5 cm da boca da espingarda. Do ponto de mira saem pétalas incrustadas em prata. O fuste acompanha o cano até 52 cm da boca do cano. No cano do apoio da vareta no respectivo canudo, em prata saiem para o cano motivos vegetalistas - folhas. O fuste tem uma braçadeira em prata acrescentada posteriormente ?. A cauda tem um prego para fixar e é decorada com motivos vegetalistas. A alma é lisa. O fecho era de pederneira e foi transformado em percussão. O cão tem a forma de serpente e o teiró é o rabo da serpente entrelaçado. Na chapa do fecho por baixo da mola real: GARCIA 1833. A tampa da caçoleta é dentada. O pé do cão, a mola do fuzil, o guarda-mato, a chapa do fecho e a contra-chapa são decoradas com motivos vegetalistas. Atrás da cauda entalhados na madeira motivos vegetalistas. O delgado é decorado com quadriculas pequenas feitas na madeira. O couce é entalhado e tem gravado: J.M . Tem vareta que não pertence à arma pois é mais curta que o cano da arma.
Incorporação:
Doação - De António Coelho Moura
Origem / Historial:
A espingarda terá sido feita em 1825 e transformada em percussão no ano de 1833.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica