MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sexta-feira, 22 de novembro de 2019    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Abade de Baçal
N.º de Inventário:
7
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Título:
À Sombra
Autor:
Sousa, Aurélia de, ( 1865 - 1922 )
Local de Execução:
Quinta da China, Porto (?)
Datação:
1900 d.C. - 1910 d.C.
Matéria:
Óleo; Tela.
Suporte:
Tela.
Técnica:
Óleo.
Dimensões (cm):
altura: 46,5; largura: 65,5;
Descrição:
Pintura a óleo sobre tela onde estão representadas duas mulheres entregues aos seus afazeres e lazer quotidianos, dados através de uma poética quase impressionista, pretendendo captar a impressão instantânea, onde domina o feérico da luz e do colorido. Nesta tela encontra-se representada, no 1º plano da composição uma mulher a dormir a sesta reclinada sobre uma rede castanha que atravessa a composição, em arco invertido, de um lado ao outro. A mulher parece ser uma figura madura de cabelos castanhos apanhados no alto da cabeça e usa vestido branco atado na cintura com faixa vermelha. Vê-se a seu lado uma chávena e um pequeno bule, supostamente sobre uma mesa. Por detrás desta figura vê-se outra mulher mais jovem com cabelo castanho apanhado, camisa branca e saia preta, sentada em cadeira de palhinha ou verga (?) a bordar com uma criança de cabelo castanho e bata junto dela. Em frente da mulher encontra-se uma mesa de campo, no lado direito, coberta com toalha de tons escuros e outra criança de cabelos castanhos e bata, deitada com a cabeça sobre a mesa. Na esquina da mesa e no lado direito, está outra cadeira de palhinha ou verga (?) em tons mais escuros (por estar à sombra). Ao fundo é visível uma paisagem campestre em tons coloridos e alegres e o céu em tons de violeta. A moldurar a cena encontram-se árvores de vários tamanhos e espessura, uma de folhagem mais exuberante e escura do lado esquerdo e outras de troncos mais finos e folhas mais claras do lado direito. A autora utilizou uma pincelada larga e vigorosa com recurso ao empastamento da tinta. A luz passa através das folhagens das árvores e as sombras produzidas por elas traduzem-se em manchas multicolores.
Incorporação:
Doação - Sofia Martins de Sousa
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica