MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contacts  separator  Help  separator  Links  separator  Site Map
 
Tuesday, December 07, 2021    INTRODUCTION    ORIENTED RESEARCH    ADVANCED RESEARCH    ONLINE EXHIBITIONS    INVENTORY GUIDELINES 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
OBJECT DETAILS
Museum:
Museu Nacional Soares dos Reis
Inventory number:
1449 Pin MNSR
Supercategory:
Arte
Category:
Pintura
Name:
Retrato de António de Almeida Coutinho e Lemos, Barão do Seixo
Date / Period:
1845 A.D - 1851 A.D
Holder:
Tela
Technique:
Óleo sobre tela
Measurments (cm):
height: 103,2; width: 79;
Description:
Retrato de António d'Almeida Coutinho e Lemos representado a meio corpo (altura dos joelhos), sentado, voltado a três quartos para o lado direito e olhando de frente. Apoia o braço esquerdo numa mesa colocada ao seu lado e a mão direita apoiada sobre a perna do mesmo lado. Representação enquadrada em interior doméstico com parede de fundo onde é visível parte da moldura de um quadro, uma mesa com cobertura de tecido vermelho sobre a qual estão colocados livros e uma escrivaninha. O retratado veste casaco e calças escuras, colete de tonalidade prateada, camisa branca e laço preto. Este retrato faz par com o Retrato da baronesa do Seixo (Col. MNSR, Inv. 1450 Pin MNSR).
Incorporation:
Compra - Compra a Beatriz de Sottomayor P. de Castelo Branco, através do Fundo João chagas.
Origin / History:
Este retrato e o pendant (Retrato da baronesa do Seixo), foram apresentados na exposição do Palácio de Cristal de 1867: pertenciam então ao Barão do Seixo, residente no Porto. Segundo Júlio Brandão, em 1929 pertenciam à baronesa do Seixo. Foi adquirido pelo Museu Nacional de Soares dos Reis em 1987, através do Fundo João Chagas, a Beatriz de Sottomayor P. de Castelo Branco, descendente dos retratados. Faziam parte do recheio da casa da rua de Cedofeita, 433. Até à data da entrada no Museu estiveram na posse de descendentes. O Fundo João Chagas resultou de uma doação ao Estado feita em 1941 por Maria Teresa Chagas, em memória de seu marido, o republicano João Pinheiro Chagas. Consistiu no rendimento líquido de um prédio no Estoril que passaria a estar disponível para a aquisição de obras de arte e melhoramentos em benefício do Museu Nacional de Soares dos Reis.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Terms & Conditions  separator  Credits