MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sexta-feira, 24 de maio de 2019    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional Soares dos Reis
N.º de Inventário:
368 Cer MNSR
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Cerâmica
Denominação:
Terrina
Autor:
Desconhecido
Local de Execução:
Espanha
Oficina / Fabricante:
Fábrica de Alcora (?)
Datação:
XVIII d.C.
Matéria:
Faiança
Técnica:
Faiança moldada, com esmalte estanífero branco e decoração pintada a amarelo
Dimensões (cm):
altura: 23; diâmetro: 30,5;
Descrição:
Terrina moldada, com o bojo saliente, dividido em oito gomos, com reentrância no colo e na ligação ao pé, que é octogonal, bordo boleado e com quatro cabeças de animais em vértices alternados do bordo. Tampa de encaixe de forma octogonal, em calote abatida, com o bordo revirado para o exterior, a parte superior vazada e pega em forma de botão elevado e também vazado. Faiança com esmalte estanífero branco e decoração pintada a amarelo. Junto ao bordo, em volta da base e na aba da tampa, cercadura de volutas e folhagem. Os elementos vazados da tampa copiam folhagem espinhada, disposta radialmente em volta da pega, rematada por aberturas mais largas de formas geométricas.
Incorporação:
Compra - Aquisição através da Direcção Geral da Fazenda Pública
Origem / Historial:
Esta peça faz parte do conjunto que pertenceu à colecção Barros, leiloada no Porto em 3 de Maio de 1947 e que foi comprado pela Direcção-Geral da Fazenda Pública. Por despacho do Ministro das Finanças de 30 de Junho de 1947, uma parte foi cedida ao Museu Nacional de Soares dos Reis, sendo feito o Auto de Entrega ao mesmo Museu pela Direcção de Finanças do Distrito do Porto em 4 de Abril de 1948.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica