MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
domingo, 5 de dezembro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional Soares dos Reis
N.º de Inventário:
183 Pin MNSR
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
Paisagem (Abertura da Rua Alexandre Herculano)
Datação:
1880 d.C.
Suporte:
Tela
Técnica:
Óleo
Dimensões (cm):
altura: 68; largura: 122,4;
Descrição:
Trecho de paisagem que apresenta em primeiro plano escombros amontoados, tendo ao centro um caminho em terra onde circulam, na direcção do espectador, um carro de bois conduzido por duas figuras (uma mulher e uma criança). O caminho segue serpenteando entre os escombros, ladeado por uma vedação de madeira parcialmente destruída e perde-se de vista num plano distanciado, à direita na composição, próximo de um apontamento de casario. Por trás da vedação ergue-se um arvoredo alto e irregular. Parte dos elementos da composição são apenas registados, sem preocupação de contorno ou detalhe, privilegiando a mancha de côr e o tratamento da luz. A cena, que a dimensão das sombras indicia decorrer pelo meio do dia, é banhada por luminosidade intensa, reforçada pelo tratamento pictórico da sombra das pedras e dos escombros, bem como de parte da vegetação.
Incorporação:
Outro - Fundo Antigo do Museu. Proveniente da Escola de Belas Artes do Porto (Antiga Academia Portuense de Belas Artes)
Origem / Historial:
A obra foi prova de concurso para pensionista do Estado no estrangeiro na classe de paisagem. Pertence ao Fundo Antigo do Museu: o antigo Museu Portuense, criado em 1833, passa a ser tutelado por uma Comissão de professores da Academia de Belas Artes do Porto, a partir de 1839, e as duas instituições passaram a partilhar o mesmo espaço e tutela. Em 1932 é feita a partilha do acervo existente pelas duas instituições, o Museu Soares dos Reis (antigo Museu Portuense) e Escola de Belas Artes (antiga Academia): dessa divisão foi registada uma “Relação dos objectos existentes no Museu Soares dos Reis pertencentes ao Estado”, datada de 1 de Novembro de 1932 e firmada por João Marques da Silva e por Vasco Valente, respectivamente, director da Escola de Belas Artes e do Museu Soares dos Reis.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica