MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quinta-feira, 18 de abril de 2024    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional Soares dos Reis
N.º de Inventário:
2 Mob CMP/ MNSR
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Mobiliário
Denominação:
Tremó
Autor:
Desconhecido
Local de Execução:
França
Centro de Fabrico:
França (?)
Datação:
1730 d.C. - 1750 d.C. - Estilo rocaille
Matéria:
Madeira de casquinha dourada; mármore no tampo; pintura a óleo sobre tela na parte superior do espelho.
Suporte:
Madeira de casquinha
Técnica:
Madeira entalhada e vazada
Dimensões (cm):
altura: 68; largura: 123; profundidade: 61;
Descrição:
Consola e espelho de grande altura, com abundante talha dourada, de boa execução e simetricamente distribuída. A consola tem tampo rectângular, muito recortado de mármore de cor beje raiado. Uma moldura com pérolas e elementos tubulares separa o tampo da caixa. Esta apresenta saiais laterais e central, vazados e decorados com elementos vegetais estilizados. No avental central distingue-se um laço, encimando uma rosa. Quatro pernas em SS pronunciados, com caneluras, terminando com pés em volutas, assentam numa flor aberta. Amarração também entalhada e ao centro uma elevação de um elemento vegetal. O espelho de formato rectangular é circundado com decoração em talha baixa de folhagens. O remate superior termina no motivo de concha central ladeado por aletas. Em reserva superior, e numa modura com desenho rocaille, figura uma pintura em óelo/tela, representando uma paisagem com um jardim decorado com estátuas, onde se encontram em segundo plano duas figuras femininas sentadas e um menino brincando com um cão; em primeiro plano figuram dois músicos com um instrumento de sopro e uma viola. As figuras encontram-se com trajes do séc. XVIII. A tela encontra-se assinada em baixo, do lado direito, Frenz ou Franz.
Incorporação:
Depósito da Câmara Municipal do Porto no Museu Nacional de Soares dos Reis.
Origem / Historial:
O acervo do Museu Municipal do Porto foi depositado no Museu Nacional de Soares dos Reis em 1940/41, conforme o disposto no Decreto-Lei 27.879 de 21 de Julho de 1937. Previamente, em 1938/39, foi feito um inventário geral, do qual consta esta peça com referência de proveniência. A peça foi aquirida a Francisco Perfeito de Magalhães e Meneses por 6.000$00, com a indicação de ter pertencido ao Conde d' Alvelos.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica