MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contacts  separator  Help  separator  Links  separator  Site Map
 
Thursday, October 29, 2020    INTRODUCTION    ORIENTED RESEARCH    ADVANCED RESEARCH    ONLINE EXHIBITIONS    INVENTORY GUIDELINES 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
OBJECT DETAILS
Museum:
Museu da Guarda
Inventory number:
2790
Supercategory:
Arqueologia
Category:
Epigrafia
Name:
Cipo funerário.
Production Place:
Portugal.
Manufacture Center:
Oficina regional e local.
Date / Period:
Romana
Material:
Granito.
Measurments (cm):
height: 164; width: 59;
Description:
Cipo funerário romano de forma rectangular, fragmentado em duas partes. Sendo a parte superior e inferior um pouco mais largas do que a parte central. Na face frontal uma inscrição em quatro linhas: CORIAE ET PEINUCAE (nexo no A e E) TRITI . LILIAE PATER - F(acieudum) C(uravit) A Cória e a Peinuca, filhas de Tritio. O pai mandou fazer (esta memória). Por cima foi aberto um nicho e um templete de 30 cm de largura por 28 cm de altura. Este nicho como o encaixe para cruz existente na parte superior terão sido abertos quando o cipo foi transformado em "Alminha" no Séc. XVIII.
Incorporation:
Outro - Recolha pelo Museu da Guarda.
Provenance:
Quinta da Rasa.
Origin / History:
Origem: Quinta da Rasa - freguesia de S. Miguel - Guarda. Originariamente o cipo Funerário estava situado na Quinta da Rasa, junto a uma estrada que cruzando o rio Diz, viria da Guarda e da Póvoa do Mileu com destino a Longroiva e Meda. Em 1986 o Dr. Inácio Vilar depois de iniciar um projecto urbanistico no local e na envolvente do cipo funerário, este foi retirado para o estaleiro das obras de Adriano Balaia. O Museu da Guarda após várias diligências e com o apoio do Serviço de Arqueologia da Zona Centro e da Cmara Municipal da Guarda e com a ajuda o empreiteiro Adriano Balaia recolhe o cipo para o Museu da Guarda em 1 de Abril de 1987. O cipo encontrava-se já partido em duas partes no estaleiro de Adriano Balaia.
Multimedia

Type

Description

Image

image

Imagem

Número de inventário: IFN - 19082 Autor: Carlos Monteiro Localização: Divisão de Documentação Fotográfica

image

image

Imagem

No Museu da Guarda

image

image

Imagem

No estaleiro da firma António balaia e Filho na Guarda Gare

image
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Terms & Conditions  separator  Credits