MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quinta-feira, 28 de outubro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu da Guarda
N.º de Inventário:
1068
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Mobiliário
Denominação:
Tamborete
Autor:
Desconhecido
Local de Execução:
Portugal
Datação:
Século XVIII (?) - século XIX.
Matéria:
Madeira de Nogueira; couro; latão.
Técnica:
Tamborete ensamblado, entalhado e torneado.
Dimensões (cm):
altura: 53,6; largura: 38; profundidade: 38,4;
Descrição:
Tamborete, assento de forma quadrangular, com aro de linhas e ângulos rectos, revestido de couro, fixo por pregaria grossa de latão. Apoia-se em pernas torneadas, com pequeno balaústre colocado no meio do disco - entre cubos de intercepção, lisos, de cantos boleados - terminando em "pés de pincel". A travessa frontal e a traseira da trempe colocam-se à mesma altura, inserindo-se no cubo superior e as travessas laterais, no cubo inferior, junto ao pé. Ambas apresentam a mesma disposição dos elementos torneados: dois finos balaústres, opostos, lisos - de base circular, e anel, ao centro, que marca igualmente o centro do balaústre - separados por estrangulamento, no centro do qual se inscreve um disco. O couro do assento é decorado por filete de sucessão de pequenos semicírculos (simulando rendilhado), definindo um fundo, onde se dispõe, ao centro, quadrifólio, dentro de reserva polilobada. Esta é definida por quatro volutas, envolvidas por quatro pares de grandes volutas de folhagem afrontadas, colocadas de maneira, a que a linha de junção entre elas se inscreva no eixo de um dos quatro ângulos do assento. Estes são marcados por folhagem de acanto estilizada, que erradia da união das volutas afrontadas.
Incorporação:
Outro - Desconhecido
Origem / Historial:
Estudo realizado pelo Dr. José António Proença da casa Museu Dr. Anastácio Gonçalves em 4 de Agosto de 2003.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica