MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arte Antiga
N.º de Inventário:
48 Des
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Desenho
Título:
Efebos
Autor:
Correggio, Antonio Allegri, dito
Datação:
1522 d.C. - 1526 d.C.
Matéria:
Papel, sanguínea
Suporte:
Papel
Técnica:
Desenho a sanguínea
Dimensões (cm):
altura: 9,2; largura: 11,6;
Descrição:
Representação parcial de dois efebos que se abraçam, numa perspectiva "sotto-in-su". Trata-se de um estudo para a decoração da cúpula da Catedral de Parma onde as duas figuras estão separadamente representadas, segundo a linha da emenda do papel. É possível que tenham sido dois fragmentos distintos (Popham, 1957).
Incorporação:
Transferência - Academia Real de Belas Artes de Lisboa
Origem / Historial:
O desenho fazia parte da colecção do pintor Jerónimo de Barros Ferreira (1750-1803), adquirida em 1801 pela Oficina Tipográfica, Calcográfica e Literária do Arco do Cego (no mesmo ano integrada na Imprensa Régia, mais tarde Imprensa Nacional). Foi transferido em 1846 para a recém-criada Academia Real de Belas Artes de Lisboa e, em 1884, para o Museu de Belas Artes, futuro MNAA. * Forma de Protecção: classificação; Nível de classificação: interesse nacional; Motivo: Necessidade de acautelamento de especiais medidas sobre o património cultural móvel de particular relevância para a Nação, designadamente os bens ou conjuntos de bens sobre os quais devam recair severas restrições de circulação no território nacional e internacional, nos termos da lei n.º 107/2001, de 8 Setembro e da respectiva legislação de desenvolvimento, devido ao facto da sua exemplaridade única, raridade, valor testemunhal de cultura ou civilização, relevância patrimonial e qualidade artística no contexto de uma época e estado de conservação que torne imprescindível a sua permanência em condições ambientais e de segurança específicas e adequadas; Legislação aplicável: Lei n.º 107/2001, de 8 de Setembro; Acto Legislativo: Decreto; N.º 19/2006; 18/07/2006 *
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica