MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quinta-feira, 28 de outubro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu da Guarda
N.º de Inventário:
1087
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Escultura
Denominação:
Pedra de Armas da Cidade da Guarda
Título:
Brazão da Cidade da Guarda
Autor:
Desconhecido
Local de Execução:
Portugal.
Centro de Fabrico:
Guarda ?. Portugal.
Oficina / Fabricante:
Regional. Guarda ?. Portugal.
Datação:
XVII d.C. - XVIII d.C.
Matéria:
Granito (rocha aplitica-plutónica).
Técnica:
Cantaria.
Dimensões (cm):
altura: 82,5; largura: 72;
Descrição:
Pedra de Armas da cidade da Guarda constituída por um escudo de bico contendo uma fortaleza com três torres, cada uma delas apresenta uma bandeira virada para a direita. Na torre do meio estão representadas as armas do reino; o escudo das cinco quinas. À frente das torres uma muralha com ameias e guaritas nos topos. Ao centro porta ladeada por quatro janelas quadradas, duas de cada lado.
Incorporação:
Outro - Desconhecido
Origem / Historial:
Segundo Virgilío Afonso e Adriano Vasco Rodrigues a Pedra de Armas terá vindo do muro situado no chamado Batoréu do Campo, construído no ano de 1668, pela Câmara Municipal da Guarda. O muro é o que está situado no Largo Frei Pedro, com a escadaria que dá acesso à Capela de S. Pedro. A peça foi classificada como sendo do séc. XVII - XVIII porque só a partir desta data é que os antigos castelos se foram adaptando e transformando em fortalezas capazes de resistirem às armas de fogo. Segundo uma gravura publicada na Revista Ilustração Portuguesa de 19 de Agosto de 1912, com o titulo "Grandes Festas na Guarda", a pedra de armas e a coroa parecem estar colocadas no torreão que dava entrada para a praça (mercado). Logo por cima do arco de entrada e por baixo do óculo do torreão. A praça situava-se onde actualmente se situa o edificío da Câmara Municipal e o torreão de entrada na praça ficaria situado em frente do edificío do tribunal.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica