MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quarta-feira, 27 de março de 2019    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arte Antiga
N.º de Inventário:
28 Tap
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Têxteis
Denominação:
Baptismo de Cristo
Autor:
Desconhecido
Centro de Fabrico:
Bruxelas
Oficina / Fabricante:
Bruxelas
Datação:
1500 d.C. - 1520 d.C. - XVI
Matéria:
Seda , lã e linho
Técnica:
Tapeçaria
Dimensões (cm):
altura: 260; largura: 170;
Descrição:
No primeiro plano Jesus recebe o Baptismo das mãos de S. João Baptista ; um anjo de grandes dimensões preenche todo o lado esquerdo da tapeçaria. No cimo ao centro a figura do Padre Eterno. A posição do braço esquerdo de Cristo foi modificada provavelmente devido a imposições da Contra Reforma. A cercadura estreita desenvolve-se em rectângulos, de fundo azul escuro, contendo dois ramos com flores que se repetem alternadamente. Constitui o remate típico das oficinas de Bruxelas nesta época. A tapeçaria segue de perto a pintura flamenga do século XV com o mesmo tema. José de Figueiredo, no Guia de Portugal, defendeu que ela teria sido tecida «segundo o quadro de Van der Weyden». Maria José de Mendonça questiona esta atribuição.
Incorporação:
Transferência - Convento da Madre de Deus
Origem / Historial:
Convento da Madre de Deus (...)«O inventário de Convento de 1860 dsecreve-nos a existência na Madre de Deus de importantes conjuntos de paramentos bordados tendo, em 1934, quase três dezenas de peças transitado para o Museu Nacional de Arte Antiga. Destacam-se, entre eles, duas obras preciosas: uma tapeçaria e um frontal de altar. A tapeçaria representa o 'Baptismo de Cristo' e foi tecida na Flandres no primeiro quartel do século XVI. A sua composição sofreu uma alteração significativa relativamente ao braço esquerdo de Jesus Cristo, possivelmente para dar resposta à necessidade de actualizar a iconografia de tão valiosa obra,adequando-a aos cânones afirmados após o Concílio de Trento. Esta tapeçaria foi muito provavelmente mais uma oferta da fundadora e reflecte, tal como os conjuntos de pintura, a enorme qualidade e riqueza das colecções do convento da Madre de Deus, que eram sobretudo oriundas dos grandes centros da criação artística europeia do século XVI, a Itália e a Flandres.» Nuno Vassalo in 'A igreja do Convento da Madre de Deus' p. 101 (ver Bibliografia) * Forma de Protecção: classificação; Nível de classificação: interesse nacional; Motivo: Necessidade de acautelamento de especiais medidas sobre o património cultural móvel de particular relevância para a Nação, designadamente os bens ou conjuntos de bens sobre os quais devam recair severas restrições de circulação no território nacional e internacional, nos termos da lei n.º 107/2001, de 8 Setembro e da respectiva legislação de desenvolvimento, devido ao facto da sua exemplaridade única, raridade, valor testemunhal de cultura ou civilização, relevância patrimonial e qualidade artística no contexto de uma época e estado de conservação que torne imprescindível a sua permanência em condições ambientais e de segurança específicas e adequadas; Legislação aplicável: Lei n.º 107/2001, de 8 de Setembro; Acto Legislativo: Decreto; N.º 19/2006; 18/07/2006 *
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica