MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quinta-feira, 23 de maio de 2019    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea
N.º de Inventário:
1302-B
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
O Aterro em 1881
Autor:
Keil, Alfredo Cristiano (Lisboa, 1850 - Hamburgo, Alemanha, 1907)
Datação:
1881 d.C.
Matéria:
Óleo
Suporte:
Madeira
Técnica:
Pintura a óleo
Dimensões (cm):
altura: 9; 14; largura: 15; 30,5;
Descrição:
Marinha. Um cais junto do Tejo, na zona de Santos ou do Cais do Sodré, ao fim da tarde, com um grupo de figuras em primeiro plano, ocupadas com o carregamento do peixe, e mais à frente dois indivíduos junto de um candeeiro, mirando o rio. Várias embarcações animam as águas do Tejo, destacando-se à direita, e recortando-se nos tons laranjas e violetas do céu crepuscular, o cruzamento dos mastros de alguns veleiros.
Incorporação:
Doação - Luís Keil
Origem / Historial:
Intervenções de conservação e restauro: - Em 1993, no Laboratório José de Figueiredo (processo nºrest.172/93). Tratamento: Remoção de vernizes escurecidos com white spirit e pequena percentagem de álcool; finalização de pequenas faltas com tinta de óleo e verniz; aplicação de verniz de retoque no final.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica