MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
terça-feira, 21 de setembro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea
N.º de Inventário:
168
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
Entendei que segundo amor tiverdes/ Tereis o entendimento
Local de Execução:
Paris; canto inferior direito
Datação:
1910 d.C.
Matéria:
Óleo
Suporte:
Tela
Técnica:
Pintura a óleo
Dimensões (cm):
altura: 145; largura: 139;
Descrição:
Pintura de História. Numa laguna ou na foz de um rio, sob uma luz crepuscular, dois amantes abraçam-se e beijam-se sentados num barco, que ocupa o primeiro plano, e é cortado nas extremidades pelos limites verticais da tela. Num plano recuado, junto ao horizonte, a água forma uma espécie de baía que se estende ao longo de promontórios suaves, onde se destaca, à esquerda, o pôr-de-sol extremamente expressivo, envolto em pinceladas nervosas e circulares; é sobretudo este elemento solar que surpreende na composição de Sousa Lopes, cujo teor ainda denuncia a marca indelével do Simbolismo francês, uma influência característica dos anos de aprendizagem e princípios de carreira. O poente de laranjas e vermelhos carregados, quase envolto em chamas, funciona com uma osmose ou reversão simbólica entre a acção humana e o mundo exterior, identificando o fogo da paixão com um crepúsculo ardente que envove a laguna numa luminosidade serena e fantástica.
Incorporação:
Transferência - Conselho de Arte e Arqueologia
Origem / Historial:
Prova de pensionista do Estado no estrangeiro.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica