MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quarta-feira, 28 de setembro de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea
N.º de Inventário:
61
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
Amor e Psyché
Local de Execução:
Paris; canto inferior direito
Datação:
1891 d.C.
Matéria:
Óleo
Suporte:
Tela
Técnica:
Pintura a óleo
Dimensões (cm):
altura: 262; 236; largura: 191; 205;
Descrição:
Pintura de História/ mitológica. Salgado situa o mito do grego Apulínio num idealizado palácio da Antiguidade, através de signos de uma cenografia que lhe conferem uma "aura" de atemporalidade: o dispositico clássico do lajeado do chão em perspectiva e da coluna dórica canelada a marcar o eixo composicional, o grande vaso antigo à direita, no fundo, à esquerda, um jardim imenso e luxuriante, o lançamento teatral do pano púrpura, em cima, quase como um pano de boca, e os dois nus académicos directamente herdados de Constant, Laurens e Cabanel, seus mestres parisienses, embora o feminino registe ténues influências simbolistas. Encostando-se e tateando a coluna com a mão esquerda, está Psyché, nu feminino, com um ar sonhador e púbere, segurando na mão direita um lírio, símbolo de pureza e virgindade. À sua frente, em primeiro plano, distinguem-se dois pombos brancos, simbolizando paz e harmonia e atrás de Psyché, voando a pique, um "putto", que parece guiar-lhe os pensamentos. Do lado direito da coluna está o Amor, nu masculino, virado para Psyché, cantando e tocando grandiloquentemente a sua lira.
Incorporação:
Transferência - Museu Nacional de Arte Antiga
Origem / Historial:
Oferecido pelo autor à Academia Real de Belas Artes de Lisboa como prova de candidatura a Académico de Mérito. Integrado no MNAC em 1912.

Bibliografia

ARTHUR, Ribeiro - Arte e artistas contemporâneos (2ª série). Lisboa: Livraria Ferin, 1896, pág. 144 e 202-09

BRAGANÇA, José de - "O Museu de Arte Contemporânea". In Portugal: A arte, os monumentos, a paisagem, os costumes, as curiosidades/ Lisboa: Museu de Arte Contemporânea. Lisboa: Neogravura, s/ d. [c. 1936], pág. 11

Catalogo illustrado da Exposição de Bellas Artes promovida pelo Gremio Artistico. Lisboa: Typ. da Companhia Nacional Editora, 1892, pág. cat. 175 rep. des.

COSTA, Lucília Verdelho da - "Sol e sombras: A arte portuguesa do século XIX no Museu do Petit Palais em Paris". Colóquio/ Artes. 2ª série. 29º ano, nº 74. Setembro. Lisboa: FCG, 1987, pág. 17 p/b

FALCÃO, Isabel - Pintura Portuguesa: Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves. Lisboa: IPM/ CMAG, 2003, pág. 259

FRANÇA, José-Augusto - "O fim de oitocentos e os anos dez". In Panorama da Arte Portuguesa no século XX. Porto: Fundação de Serralves/ Campo das Letras, 1999, pág. 31

FRANÇA, José-Augusto - A arte em Portugal no século XIX. Vol. 2. Lisboa: Bertrand, 1967, pág. 225 p/b

FRANÇA, José-Augusto; CHICÓ; Mário Tavares; SANTOS, Armando Vieira, plan. e org. - Dicionário da Pintura Universal: Pintura Portuguesa. Vol. 3. Lisboa: Estúdios Cor, 1973, pág. 403 cor

FRANÇA, José-Augusto; COSTA, Lucília Verdelho da - Arte Portuguesa do século XIX. Lisboa: IPPC, 1988, pág. 258 cor

MACEDO, Diogo de - Algumas obras de arte portuguesa. Álbum nº 1. Lisboa: Edição "Ocidente", 1940, pág. est. 10 p/b

MACEDO, Diogo de - Veloso Salgado e Luciano Freire. Colecção Museum. 2ª série, nº 4. Lisboa: MNAC, 1954, pág. 7 p/b

MARÍN, José Luis Morales y - "Puntualizaciones a la evolución de la pintura contemporanea en Portugal". In Portugal hoy: 30 pintores. Madrid: Centro Cultural del Conde Duque, 1989, pág. s/ p.

MATIAS, Maria Margarida - "O naturalismo na pintura". In RIO-CARVALHO, Manuel, dir. - História da Arte em Portugal: do Romantismo ao fim do século. Vol. 11. Lisboa: Alfa, 1986, pág. 110 cor

MENDES, Manuel - Considerações sobre as artes plásticas. Lisboa: Seara Nova, 1944, pág. 134

LAPA, Pedro - Museu do Chiado: Arte Portuguesa (1850-1950). Lisboa: IPM/ Museu do Chiado, 1994, pág. cat. 102 cor

PAMPLONA, Fernando de - Dicionário de pintores e escultores portugueses ou que trabalharam em Portugal. Vol. 4. Lisboa: 1959, pág. 11

PAMPLONA, Fernando de - Um século de pintura e escultura em Portugal (1830-1930). Porto: Livraria Tavares Martins, 1943, pág. 168-69 p/b

Pintura portuguesa no Museu Nacional de Arte Contemporânea (Séculos XIX e XX). Lisboa: MNAC, 1927, pág. est. 19 cor

RODRIGUES, António - "Efabulação, suspensão e contestação do tempo na arte portuguesa 1900". In Portugal 1900. Lisboa: FCG, 2000, pág. 196 e 198

SANTOS, Rui Afonso; TAVARES, Cristina Azevedo - Veloso Salgado: 1864-1945. Lisboa: IPM, 1999, pág. 126 cor

SILVA, Raquel Henriques da - "Romantismo e pré-naturalismo". In PEREIRA, Paulo, dir. - História da Arte Portuguesa. Vol. 3. Lisboa: Círculo de Leitores, 1995, pág. 348

SINCERO, João - "A Exposição de Bellas Artes do Gremio Artistico". O Occidente. 15º ano. Vol. XV, nº 481. 1 de Maio. Lisboa: Adolpho, Modesto & Cª, 1892, pág. 99

LAPA, Pedro e SILVEIRA, Maria de Aires (org.)- Arte Portuguesa do século XIX, Vol. I (1850-1910). Lisboa: Museu Nacional de Arte Contemporânea-Museu do Chiado, 2010, pág. 330, 361, 366, 367 cor

 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica