MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
terça-feira, 7 de julho de 2020    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea
N.º de Inventário:
54
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
Barco desaparecido
Autor:
PINTO, José Júlio de SOUSA (Angra do Heroísmo, 1856 - Quimperlé, França, 1939)
Datação:
1890 d.C.
Matéria:
Óleo
Suporte:
Tela
Técnica:
Pintura a óleo
Dimensões (cm):
altura: 73; 97; largura: 91; 115,5;
Descrição:
Pintura de costumes. Num banco de areia de uma praia da Bretanha, no Norte de França, coberto por uma vegetação rasteira batida pelo vento e sob um céu nublado matinal, vêem-se duas mulheres que choram o desaparecimento no mar de um barco de pescadores, a rapariga com o cabelo louro apanhado atrás numa trança, de camisa castanha e saia azul comprida, face rosada, enxugando as lágrimas no avental, e a senhora idosa, a seu lado, de vestes escuras, mãos rugosas cruzadas no regaço, olhando desesperada para o mar, face marcada pela dor. Na frente das figuras vê-se uma âncora enterrada verticalmente na areia, com a corrente partida e enferrujada, signo da tragédia que se consumara. No fundo, a beira-mar da praia com alguns botes ancorados, silhuetas isoladas, numa calma resignação.
Incorporação:
Transferência - Museu Nacional de Arte Antiga
Origem / Historial:
Adquirido ao autor em 1906-07, através do Legado Valmor. Integrado no MNAC em 1912. Intervenções de conservação e restauro: - Em 1971, no Laboratório José de Figueiredo (processo nºrest.07/71). Tratamento: Fixação da película cromática com cera Elemi e resina Damar, remoção do verniz amarelecido e dos retoques alteradosl, rectificação das massas aplicadas anteriormente, integração de todas as lacunas com tinta de óleo e verniz, aplicação de verniz de retoque Talens no final.

Bibliografia

A Arte e o Mar. Lisboa: FCG, 1998, pág. 198 cor

ARTHUR, Ribeiro - Arte e artistas contemporâneos (2ª série). Lisboa: Livraria Ferin, 1896, pág. 120

Boletim do Salão Silva Pôrto/ Número consagrado a Mestre Souza Pinto. Ano I. Nº 5. Maio. Porto: 1939, pág. 26

BRAGANÇA, José de - "O Museu de Arte Contemporânea". In Portugal: A arte, os monumentos, a paisagem, os costumes, as curiosidades/ Lisboa: Museu de Arte Contemporânea. Lisboa: Neogravura, s/ d. [c. 1936], pág. 10

FRANÇA, José-Augusto - A arte em Portugal no século XIX. Vol. 2. Lisboa: Bertrand, 1967, pág. 50

FRANÇA, José-Augusto; COSTA, Lucília Verdelho da - Arte Portuguesa do século XIX. Lisboa: IPPC, 1988, pág. 211 cor

Imagens da Família na Arte Portuguesa: 1801-1992. Caldas da Rainha: IPM/ Museu de José Malhoa, 1994, pág. 113 cor

LOPES, Adriano de Sousa - "Sousa Pinto". Boletim da Academia Nacional de Belas Artes. Nº VI. Lisboa: ANBA, 1940, pág. 46/47 p/b

MACEDO, Diogo de - "A Arte nos séculos XIX e XX". In BARREIRA, João, dir. - Arte Portuguesa: Pintura. Lisboa: Edições Excelsior, s/d, pág. 400 p/b

MACEDO, Diogo de - "O Século XIX". In SANTOS, Reinaldo dos, dir. - História da Arte em Portugal. Vol. 3. Porto: Portucalense Editora, 1953, pág. 542 p/b

MACEDO, Diogo de - Sousa Pinto: Saber e sensibilidade. Colecção Museum. 1ª série, nº 10. Lisboa: MNAC, 1951, pág. 5 p/b

MATIAS, Maria Margarida - "O naturalismo na pintura". In RIO-CARVALHO, Manuel, dir. - História da Arte em Portugal: do Romantismo ao fim do século. Vol. 11. Lisboa: Alfa, 1986, pág. 76

LAPA, Pedro - Museu do Chiado: Arte Portuguesa (1850-1950). Lisboa: IPM/ Museu do Chiado, 1994, pág. cat. 51 cor

O Grupo do Leão e o Naturalismo Português. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 1996, pág. 77 cor

PAMPLONA, Fernando de - Dicionário de pintores e escultores portugueses ou que trabalharam em Portugal. Vol. 4. Lisboa: 1959, pág. 110

PAMPLONA, Fernando de - Um século de pintura e escultura em Portugal (1830-1930). Porto: Livraria Tavares Martins, 1943, pág. 150

Pintura portuguesa no Museu Nacional de Arte Contemporânea (Séculos XIX e XX). Lisboa: MNAC, 1927, pág. est. 18 cor

Portugal: A arte, os monumentos, a paisagem, os costumes, as curiosidades/ Lisboa: Museu de Arte Contemporânea. Fasc. 9. Lisboa: Neogravura, s/ d. [c. 1936], pág. fig. 11 p/b

RODRIGUES, António - "Efabulação, suspensão e contestação do tempo na arte portuguesa 1900". In Portugal 1900. Lisboa: FCG, 2000, pág. 194 cor

SILVA, Raquel Henriques da - "Romantismo e pré-naturalismo". In PEREIRA, Paulo, dir. - História da Arte Portuguesa. Vol. 3. Lisboa: Círculo de Leitores, 1995, pág. 339

Um século de pintura e escultura portuguesas. Lisboa: MNAC, 1965, pág. fig. 23 p/b

FIGUEIREDO, Maria Rosa (coord.) - Museu Calouste Gulbenkian: Portugal 1900. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2000, pág. 485 cor

LAPA, Pedro e SILVEIRA, Maria de Aires (org.)- Arte Portuguesa do século XIX, Vol. I (1850-1910). Lisboa: Museu Nacional de Arte Contemporânea-Museu do Chiado, 2010, pág. 342, 343 cor

 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica