MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
domingo, 26 de junho de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea
N.º de Inventário:
52
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
Uma manhã em Creys
Autor:
Andrade, Alfredo de (Lisboa, 1839 - Génova, Itália, 1915)
Datação:
1863 d.C.
Matéria:
Óleo
Suporte:
Tela
Técnica:
Pintura a óleo
Dimensões (cm):
altura: 58; 85; largura: 100; 124;
Descrição:
Paisagem. Uma figura sentada de costas na vegetação de uma charneca, em primeiro plano, pontuada por algumas árvores no horizonte, com uma lagoa ou pântano à sua frente, que reflecte a luminosidade de um céu crepuscular da manhã.
Incorporação:
Transferência - Museu Nacional de Arte Antiga
Origem / Historial:
Oferta do autor à Academia Real de Belas-Artes de Lisboa em finais de 1863, como prova de candidatura a Académico de Mérito, grau obtido em 8 de Janeiro de 1864. Pintada no Verão de 1863 com o título original Lo Stagno di La Levat, Creys. Realizado numa estada no Delfinado, França, no Verão desse ano (Costa, 1997). Integrado no MNAC em 1912. Intervenções de conservação e restauro: - A obra foi intervencionada em 2004 pela técnica Rita Vaz Freire. (Ver Doc. associada)

Bibliografia

ANDRADE, Rui de - Quadros de Alfredo de Andrade. Lisboa: 1955, pág. s/ p. p/b

Arte/ Boletim da Sociedade Nacional de Belas Artes. Ano 1, nº 4. Dezembro. Lisboa: SNBA, 1951, pág. 12 p/b

BERNARDI, Marziano e VIALE, Vittorio - Alfredo D'Andrade. La vita. L'Opera e l'Arte. Torino: Società Piemontese (...), 1957, pág. 89 p/b

BRAGANÇA, José de - "O Museu de Arte Contemporânea". In Portugal: A arte, os monumentos, a paisagem, os costumes, as curiosidades/ Lisboa: Museu de Arte Contemporânea. Lisboa: Neogravura, s/ d. [c. 1936], pág. 9-10

Catalogo provisorio da Galeria Nacional de Pintura existente na Academia Real das Bellas-Artes de Lisboa [2ª edição]. Lisboa: 1872, pág. nº cat. 60

COSTA, Lucília Verdelho da - Alfredo de Andrade (1839-1915): da Pintura à invenção do Património. Lisboa: Vega, 1997, pág. 50-52 e 110

FRANÇA, José-Augusto - A arte em Portugal no século XIX. Vol. 1. Lisboa: Bertrand, 1967, pág. 447 p/b

FRANÇA, José-Augusto; COSTA, Lucília Verdelho da - Arte Portuguesa do século XIX. Lisboa: IPPC, 1988, pág. 148 p/b

LAPA, Pedro - Museu do Chiado: Arte Portuguesa (1850-1950). Lisboa: IPM/ Museu do Chiado, 1994, pág. cat. 12 cor

PAMPLONA, Fernando de - Dicionário de pintores e escultores portugueses ou que trabalharam em Portugal. Vol. 1. Lisboa: 1954, pág. 62

PAMPLONA, Fernando de - Um século de pintura e escultura em Portugal (1830-1930). Porto: Livraria Tavares Martins, 1943, pág. 64 p/b

Pintura portuguesa no Museu Nacional de Arte Contemporânea (Séculos XIX e XX). Lisboa: MNAC, 1927, pág. est. 5 cor

Portugal: A arte, os monumentos, a paisagem, os costumes, as curiosidades/ Lisboa: Museu de Arte Contemporânea. Fasc. 9. Lisboa: Neogravura, s/ d. [c. 1936], pág. fig. 2 p/b

SILVEIRA, Maria de Aires - "Memória, magistério e crítica". In Miguel Ângelo Lupi (1826/1883). Lisboa: IPM, 2002, pág. 49 cor

SILVEIRA, Maria de Aires - Alfredo de Andrade: Uma manhã em Creys. 2003. 1 p. Texto de exposição. Acessível no Museu do Chiado, Lisboa, Portugal, pág. -

Um século de pintura e escultura portuguesas. Lisboa: MNAC, 1965, pág. fig. 11 p/b

SILVEIRA, Maria de Aires - "Columbano Bordalo Pinheiro: Túlia". In Museu do Chiado: Arte Portuguesa (1850-1950). Lisboa: MC-MNAC/IPM, 1994., pág. 12 cor

LAPA, Pedro e SILVEIRA, Maria de Aires (org.)- Arte Portuguesa do século XIX, Vol. I (1850-1910). Lisboa: Museu Nacional de Arte Contemporânea-Museu do Chiado, 2010, pág. 4, 5 cor

 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica