MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
segunda-feira, 29 de maio de 2017    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional do Teatro
N.º de Inventário:
7322
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Traje
Denominação:
Peça"Romance".Cª Rey Colaço Robles Monteiro/T. da Trindade
Título:
Romance
Autor:
Amelia Rey Colaço
Datação:
1928 d.C.
Matéria:
Fio de seda preto; Pérolas; pele de coelho; pele de arminho; plumas; plástico prateado; fio laminado dourado.
Técnica:
Cetim; tafetá; bordado aplicado;
Dimensões (cm):
altura: .; largura: .;
Descrição:
Traje e adereços usados por Amélia Rey Colaço no 2º acto da peça "Romance", na versão de Robert de Flers e Francis de Croisset (1913) da obra de Edward Sheldon, apresentada no Teatro da Trindade em 1928; encenação de António Pinheiro. Vestido comprido de veludo cortado preto franzido na cintura, com manga a três quartos e ruches de veludo cortado preto; decote quadrado à frente com medalhão de pérolas. Casaco em pele de coelho branca com gola de rebuço decorada com pele de arminho, apertando à frente com pompons. Chapéu de pele de coelho branca com pluma branca. Regalo da mesma pele do casaco e do chapéu igualmente decorado com pele de arminho. Mala de missangas prateadas formando motivos geométricos, com borla na extremidade inferior em missangas prateadas e cordão de fio dourado. Colar, brincos e cruz de pérolas. Dois pares de sapatos de cetim preto com fitas para apertar no tornezelo, num dos pares de sapatos em cetim e veludo preto e no outro em cetim preto.
Incorporação:
Doação - Amélia Rey Colaço
Origem / Historial:
“Romance” de Edward Sheldon, na versão de Robert de Flers, Francis de Croisset. Tradução de Jorge Lesley (Alice Lafourcade Rey Colaço). Encenação de António Pinheiro. Cenários e figurinos de Amélia Rey Colaço. Interpretações de Amélia Rey Colaço, Álvaro Benamor, Robles Monteiro e Maria Lalande (estreou-se nesta peça).
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica