MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sábado, 11 de julho de 2020    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional Machado de Castro
N.º de Inventário:
704;E3
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Escultura
Denominação:
Cavaleiro Medieval
Datação:
1325 d.C. - 1350 d.C. - Medieval
Matéria:
Calcário
Técnica:
Ronde-bosse Alto-relevo
Dimensões (cm):
altura: 72; largura: 19,5; comprimento: 64,8;
Descrição:
Escultura em calcário representando um cavaleiro vestido de guerreiro, com grande elmo, cota de malha, escudo de armas e espada, sapatos de bico e esporas. O cavalo está coberto com uma gualdrapa. O escudo tem as armas de Domingos Joanes: de azul, com aspa de prata acompanhada de quatro flores-de-lis de ouro.
Incorporação:
Outro - Desconhecido (Fundo Antigo). Capela dos Ferreiros - Oliveira do Hospital.
Origem / Historial:
* Forma de Protecção: classificação; Nível de Classificação: interesse nacional; Motivo: Necessidade de acautelamento de especiais medidas sobre o património cultural móvel de particular relevância para a Nação, designadamente os bens ou conjuntos de bens sobre os quais devam recair severas restrições de circulação no território nacional e internacional, nos termos da lei nº 107/2001, de 8 de Setembro e da respectiva legislação de desenvolvimento, devido ao facto da sua exemplaridade única, raridade, valor testemunhal de cultura ou civilização, relevância patrimonial e qualidade artística no contexto de uma época e estado de conservação que torne imprescindível a sua permanência em condições ambientais e de segurança específicas e adequadas; Legislação aplicável: Lei nº 107/2001, de 8 de Setembro; Acto Legislativo: Decreto; Nº 19/2006; 18/07/2006*

Bibliografia

A Escultura de Coimbra do Gótico ao Maneirismo (cat. exp.). Coimbra: Câmara Municipal de Coimbra, 2003, pág. 34, 169

AA.VV. - Museu Nacional Machado de Castro, Roteiro. Lisboa: IPM, 2005, pág. 57, nº 11

Ai Confini Della Terra. Scultura e arte in Portogallo 1300-1500. Rimini: 2000, pág. 123, nº42

ANDRADE, Sérgio Guimarães de - Escultura Portuguesa. Lisboa: CTT Correios de Portugal, 1997, pág. 222

Aux Confins du Moyen-Âge [cat.exp.]. Gent: 1991, pág. -

Catálogo da XVII Exposição Europeia de Arte, Ciência e Cultura. Convento da Madre de Deus, " Os antecedentes medievais dos descobrimentos". Lisboa: Presidência do Concelho de Ministros, 1983, pág. 233

CORREIA, Vergílio - Secções de Arte e Arqueologia. Coimbra: MNMC, 1941, pág. pag. 25

CORREIA, Vergílio; GONÇALVES, António Nogueira - Inventário Artístico de Portugal - Cidade de Coimbra. Lisboa: 1947, pág. pag. 159

Museu Machado de Castro - Notas. Coimbra: 1916, pág. -

Nos Confins da Idade-Média [cat.exp.]. MNSR Porto: 1992, pág. -

Os Capítulos da Irmandade. Pergrinación e conflito social na Galicia do século XV. Santiago de Compostela: Xunta de Galicia, 2006, pág. 141, nº 81

SANTOS, Reynaldo dos - A Escultura em Portugal. Lisboa: 1948, pág. pág. 38, C

 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica