MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
terça-feira, 7 de dezembro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional dos Coches
N.º de Inventário:
PNA 50864
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Meios de transporte
Denominação:
Landau
Título:
Landau, D. Carlos I (Regicídio )
Autor:
Oliveira, F. J. Lisboa
Datação:
1875 d.C. - 1900 d.C. - Século XIX
Matéria:
Madeira, couro , bronze, vidro, borracha
Dimensões (cm):
altura: 210; largura: 190; comprimento: 390;
Descrição:
Viatura de passeio construído em Portugal em finais do século XIX, para a família real portuguesa. Caracteriza-se por ter duas capotas rebatíveis, que se podem usar abertas ou fechadas. A caixa é de fundo preto, tendo nas portinholas o monograma do rei D. Carlos I. As capotas são em couro negro sem elementos decorativos. Atrás tem uma caixa curva para transporte e armas. O interior é forrado a marroquim capitoné azul escuro e o acesso faz-se através de dois estribos exteriores. As duas lanternas, circulares, feitas em vidro e folha pintada de preto, encontram-se junto ao banco do cocheiro, tal como o travão de manivela. Na parte posterior da caixa, dois guarda-lamas sobrepõem-se às rodas traseiras. O rodado é pintado a vermelho e as rodas tem pneus de borracha. Nos cubos das rodas encontra-se a marca do fabricante "F. J. Oliveira - Lisboa". Tem molas elípticas. Nesta viatura, seguia a Família Real, quando em Lisboa, em 1 de Fevereiro de 1908, um atentado matou o Rei D. Carlos I e o herdeiro Príncipe D. Luís Filipe e feriu D. Manuel. São visíveis as marcas das balas.
Incorporação:
Afectação Permanente - Pertence à colecção do Palácio Nacional da Ajuda
Origem / Historial:
Neste veículo foram assassinados o rei D. Carlos I e o seu filho príncipe D. Luís Filipe, em Lisboa, na esquina do Terreiro do Paço para a rua do Arsenal, no dia 1 de Fevereiro de 1908.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica