MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
segunda-feira, 18 de outubro de 2021    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional dos Coches
N.º de Inventário:
HD 0038
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
Pintura
Título:
Embarque da Família Real Portuguesa para o Brasil
Autor:
Delerive, Nicolas-Louis-Albert
Local de Execução:
Portugal.
Datação:
1807 d.C. - 1810 d.C.
Suporte:
Tela.
Técnica:
Óleo.
Dimensões (cm):
altura: 62,5; largura: 87,8;
Descrição:
Pintura a óleo representando o embarque da Família Real Portuguesa para o Brasil, no Cais de Belém, em 27 de Novembro de 1807. Em primeiro plano distingue-se a figura do Príncipe Regente D. João (futuro D. João VI), despedindo-se da comitiva. Traja de branco, com jaqueta vermelha. À direita,dois coches - num dos quais segue a rainha D. Maria I - e duas cadeirinhas, ambas com os tejadilhos levantados. Dois frades abandonam o local caminhando na direcção do observador e num plano mais recuado, vislumbra-se o casario de Belém, parte do Mosteiro de Santa Maria de Belém, duas tendas e a Guarda Real que acompanha o cortejo. À esquerda, um grupo de populares presta a sua derradeira homenagem ao Regente do Reino, deixando transparecer nos seus gestos o desepero e o estado de orfandade a que se sentiam votados pela partida dos monarcas. Para além dos coches reais, no quadro representam-se ainda outros tipos de veículos de uso corrente na época, tais como a sege de duas rodas e o carro de bois, usado para transportar mercadorias. Estacionadas junto ao cais, as embarcações, adornadas com sanefas de cor carmesim, aguardam a chegada das reais pessoas. Junto à linha de horizonte, muito baixa, quatro galeões voltados para a barra e uma profusão de pequenos batéis, bem como a silhueta da Torre de Belém. O quadro tem moldura de talha dourada, decorada internamente com friso perlado, e externamente com cercadura de aspas limitada a negro.
Incorporação:
Compra - Desconhecido.
Origem / Historial:
Esta pintura está directamente relacionada com uma gravura de Francesco Bartolozzi (Arquivo Histórico-Militar), segundo desenho de Henri l' Evêque, intitulada "L' Embarquement du Prince Regent de Portugal au Quai de Belem, avec toute la Famille Royale, le 27 Novembre 1807 a 11 heures du Matin". Desta última conhecem-se tanto as provas originais como a composição final, posterior à alteração da chapa. As primeiras, não assinadas e legendadas em francês, fazem parte dos espólios da Biblioteca Nacional de Lisboa, Gabinete de Estudos Olisiponenses e Museu Nacional de Arte Antiga. Passada a litografia e já com a legenda traduzida para português, existem vários exemplares desta gravura, assinadas por Constantino de Fontes e pelos indecifráveis "D." e "NC". Quanto à ligação entre a citada gravura e o quadro do M.N.C. as opiniões divergem, havendo autores que preconizam a anterioridade da obra pictórica (Augusto Cardoso Pinto), enquanto outros - caso de S. Herstal - defendem a tese oposta, segundo a qual a pintura a óleo seria uma réplica fiel da obra de Bartolozzi. Este último avança ainda a hipótese de a tela atribuída a Nicolas Delerive ser um estudo preparatório para um outro quadro a óleo, anónimo, pertencente ao Palácio Itamaraty, Brasil. Para além do quadro em apreço, subordinadas ao mesmo tema existem outras telas igualmente atribuídas ao pintor francês, que integram as colecções do Museu de Artes Decorativas da Fundação Ricardo do Espírito Santo e Silva, Lisboa, e do Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro, sendo esta uma mera ampliação da primeira. Cite-se ainda uma quarta reprodução anónima, de acentuado cariz popular, pertencente à colecção da José Mariano de Camargo Aranha. A profusão de obras alusivas à partida da Família Real para o Brasil deve ser entendida à luz dos acontecimentos da época, quando a "fuga" era ainda entendida como uma excelente estratégia nacional pois, caso a metrópole fosse loteada pelo invasor francês, poderia sobreviver do outro lado do Atlântico. Do Príncipe Regente - figura querida do povo, agora elevada à categoria de herói - e da restante Família, todos queriam guardar uma grata recordação em vésperas das invasões napoleónicas, marco efectivo da abertura de um novo século. O quadro do M.N.C. foi depositado no Museu das Janelas Verdes em 1935, tendo sido devolvido ao local de proveniência em data incerta.

Bibliografia

Catálogo da Exposição Arte Portuguesa do Século XIX. Lisboa: IPPC, 1988, pág. 72, cat. 1

Catálogo da Exposição de Documentos e Obras de Arte Relativos à História de Lisboa. Lisboa: 1947, pág. cat. 441

Catálogo da Exposição Portugal e o Reino Unido - A Aliança Revisitada. Lisboa: Fund. Calouste Gulbenkian, 1994, pág. 216, cat. 168

FREIRE, Luciano - Catálogo Descritivo e Ilustrado do Museu Nacional dos Coches. Lisboa: 1923, pág. 71, cat. 295

HERSTAL, Stanislaw - Dom Pedro, vol I - Estudo Iconográfico. S. Paulo/Lisboa: Emp. Nac. Publicidade/Anuário, 1972, pág. 36-37, n. 16

KEIL, Luís - Catálogo do Museu Nacional dos Coches, 1943. Lisboa: 1943, pág. 74, cat. 401

MACEDO, Silvana Costa - Museu Nacional dos Coches - Roteiro, 2ª ed.. Lisboa: IPPC, 1989, pág. nº 220

MARTINS, Maria Manuela Goulão d'Oliveira - Dossier Elaborado no Âmbito do Curso de Conservadores de Museus, Relativo ao Quadro "Embarque para o Brasil" (polic.). Lisboa: 1983, pág. -

MARTINS, Maria Manuela Goulão d'Oliveira - Os Transportes na Pintura de Nicolas Delerive - Dissertação ao Curso de Conservadores de Museus, 2 vols (polic.). Lisboa: 1984, pág. -

PEREIRA, Ângelo - Os Filhos d'El-Rei D. João VI. Lisboa: Empresa Nac. de Publicidade, 1946, pág. 101-116

PINTO, Augusto Cardoso (pref.) - Catálogo da Exposição Obras de Nicolas Delerive. Lisboa: 1955, pág. 26, cat. 11

PINTO, Augusto Cardoso - Museu Nacional dos Coches - Guia do Visitante (Ilustrada). Lisboa: 1948, pág. 33

PIRES, António Caldeira - História do Palácio Nacional de Queluz. Coimbra: s.d., pág. 307-314

SOARES, Ernesto; LIMA, Henrique Ferreira de - Retratos de Portugueses e de Estrangeiros em Relações com Portugal, Dicionário de Iconografia Portuguesa , 5º vol.. Lisboa: Instituto para a Alta Cultura, 1960, pág. 325, nº 5060-H)

 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica