MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quinta-feira, 2 de abril de 2020    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arqueologia
N.º de Inventário:
2006.86.1
Supercategoria:
Arqueologia
Categoria:
Cerâmica
Denominação:
Prato de verniz vermelho
Datação:
Idade do Ferro
Matéria:
Cerâmica
Técnica:
Torno
Dimensões (cm):
altura: 2,8 (máx); diâmetro: 25,5 (máx);
Descrição:
Prato fabricado em cerâmica. Apresenta forma aberta, com paredes côncavas e fundo em ônfalo. O bordo é largo e extrovertido, separado das paredes do prato por um sulco bem demarcado. Assenta sobre pé anelar, côncavo, com grafito constituído por linhas rectas, horizontais e verticais, entrecrusadas. A pasta é alaranjada, homogénea e compacta, com vestígios de engobe avermelhado.
Incorporação:
Outro - Desconhecida
Proveniência:
Ladeira da Senhora das Neves.
Origem / Historial:
Ladeira da Senhora das Neves, Mértola. Este sítio estende-se por uma área geográfica com fronteiras pouco definidas, contudo sabe-se que o campo das sepulturas estendia-se da Igreja do Carmo até à Ermida de Santo António, incluíndo este local. As sepulturas de incineração, especificamente, encontravam-se abrangidas pela Calçada do Poço Velho, pela Ladeira de Nossa Senhora das Neves e pelo Rocio do Carmo, onde se localizava também o quintal de Manoel Vieira de Aguiar (Frei Aguiar), regedor de Mértola, que ofertou inúmeras peças ao Museu encontradas dentro da sua propriedade.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica