MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sábado, 22 de julho de 2017    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arqueologia
N.º de Inventário:
16779
Supercategoria:
Arqueologia
Categoria:
Epigrafia
Denominação:
Árula a Júpiter
Grupo Cultural:
Lusitano - Romano
Datação:
II d.C. - Época Romana
Matéria:
Granito
Dimensões (cm):
altura: 26; largura: 20; espessura: 8;
Descrição:
Árula com capitel destacado composto por frontão triangular, toros laterais e fóculo central escavado no topo. O campo epigráfico ocupa o fuste sem delimitação, apenas a face anterior foi alisada preparada para ser suporte da inscrição. A paginação do texto tem alinhamento tendencial à esquerda, excepto a última linha, centrada. Dedicatória a IVPITER OPTIMVS MAXIMVS. O dedicante é identificado sob a forma de abreviaturas, indício de intimismo ou secretismo da sua relação com a divindade. I(ovi) . O(ptimo) . M(aximo) / C.(onservatori) / S(acrum). C(aius). P(?) . A (?) / P R(o) . S(alute). SO(lvit) / M(erito) // Tradução: "A Júpiter Óptimo (e) Máximo (e) Conservador. Caius P.A., pela (sua) saúde, cumpriu com razão (este voto).
Incorporação:
Doação - Oferecida pelo Reverendo Abade José Augusto Tavares.
Proveniência:
Carviçais
Origem / Historial:
"Quem jornadear da populosa e rica aldeia de Carviçaes (Concelho de Moncorvo) (...), encontra vestigios abundantes de uma povoação romana (...) e eu proprio encontrei numa parede uma árula de granito (...)." (J. A. Tavares, 1903)
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica