MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quarta-feira, 20 de setembro de 2017    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arqueologia
N.º de Inventário:
16779
Supercategoria:
Arqueologia
Categoria:
Epigrafia
Denominação:
Árula a Júpiter
Grupo Cultural:
Lusitano - Romano
Datação:
II d.C. - Época Romana
Matéria:
Granito
Dimensões (cm):
altura: 26; largura: 20; espessura: 8;
Descrição:
Árula com capitel destacado composto por frontão triangular, toros laterais e fóculo central escavado no topo. O campo epigráfico ocupa o fuste sem delimitação, apenas a face anterior foi alisada preparada para ser suporte da inscrição. A paginação do texto tem alinhamento tendencial à esquerda, excepto a última linha, centrada. Dedicatória a IVPITER OPTIMVS MAXIMVS. O dedicante é identificado sob a forma de abreviaturas, indício de intimismo ou secretismo da sua relação com a divindade. I(ovi) . O(ptimo) . M(aximo) / C.(onservatori) / S(acrum). C(aius). P(?) . A (?) / P R(o) . S(alute). SO(lvit) / M(erito) // Tradução: "A Júpiter Óptimo (e) Máximo (e) Conservador. Caius P.A., pela (sua) saúde, cumpriu com razão (este voto).
Incorporação:
Doação - Oferecida pelo Reverendo Abade José Augusto Tavares.
Proveniência:
Carviçais
Origem / Historial:
"Quem jornadear da populosa e rica aldeia de Carviçaes (Concelho de Moncorvo) (...), encontra vestigios abundantes de uma povoação romana (...) e eu proprio encontrei numa parede uma árula de granito (...)." (J. A. Tavares, 1903)
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica