MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contacts  separator  Help  separator  Links  separator  Site Map
 
Saturday, May 28, 2022    INTRODUCTION    ORIENTED RESEARCH    ADVANCED RESEARCH    ONLINE EXHIBITIONS    INVENTORY GUIDELINES 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
OBJECT DETAILS
Museum:
Museu Nacional de Arqueologia
Inventory number:
E 5522
Supercategory:
Arqueologia
Category:
Epigrafia
Name:
Inscrição de Vegeta Flamine
Date / Period:
II A.D - Época Romana
Material:
Calcário
Measurments (cm):
height: 69; width: 44,5; thickness: 46,5;
Description:
Bloco prismático, truncado; provável base de estátua. A paginação segue o eixo de simetria. Homenagem a uma flamínica de Olisipo, mandada fazer por seu marido, Marcus Gellius Rutilianus. Este personagem surge em mais duas epígrafes olisiponenses, na qualidade de duúnviro da cidade, respectivamente numa homenagem ao imperador Adriano, datada de 121, e numa outra a sua mulher Sabina Augusta, tradicionalmente considerada da mesma altura, atendendo à extrema semelhança entre ambas as dedicatórias (porém, Sabina apenas em 128 terá recebido o título de Augusta). O monumento dedicado à flamínica Iulia (?) Vegeta poderá, pois, ser sensivelmente atribuído a esta época. No âmbito do culto imperial as flamínicas cultuavam as Divae Augustae, ou seja, as imperatrizes. "A Iulia (?) Vegeta, flamínica. Marus Gellius Rutilianus, (seu) marido, (mandou fazer este monumento)" (J.C.R. 2002, cat.79) (...) (L)IA(E) (...) / VEGETA (E) / FLAMINIC(AE) / M . GELLIVS / RVTILIANV(S) / MARITVS //
Incorporation:
Outro - Obtida por J. L. de Vasconcelos
Provenance:
São Vicente de Fora
Origin / History:
"Estava situada no Arco por cima da Porta ou Postigo do Arcebispo (D. Fernando de Vasconcelos e Meneses), que fazia parte da cêrca de D.Fernando, e foi demolido em meados do século do século XIX. Este arco ficava situado no estrangulamento da via pública entre o Campo de Santa Clara e o Largo do Outeirinho da Amendoeira. Demolida a porta, foi encravada a inscrição no muro da cerca do convento de São Vicente, próximo do local onde tinha estado, e daí foi levada em 1922 para o Museu." (VIEIRA DA SILVA, 1944)
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Terms & Conditions  separator  Credits