MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
segunda-feira, 3 de outubro de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arqueologia
N.º de Inventário:
16152
Supercategoria:
Arqueologia
Categoria:
Vidros
Denominação:
Garrafa de vidro
Grupo Cultural:
Romano
Datação:
I d.C. - II d.C. - Época Romana
Matéria:
Vidro
Técnica:
Soflagem
Dimensões (cm):
altura: 15,1; largura: 9,8; espessura: 0,7;
Descrição:
Garrafa quadrangular de tipo Isings 51 a. Apresenta asa de fita bifurcada. Ostenta uma marca moldada no fundo, representando, dentro de um círculo, um cavaleiro de pé frente ao seu cavalo; sobre este, as letras CEH. O vidro é de cor verde-gelo. Esta peça provém de contexto funerário, tendo integrado o espólio de uma incineração.
Incorporação:
Doação - Foi doado pelo Sr. Barão de Almeirim.
Proveniência:
Pombalinho. Sepultura de incineração.
Origem / Historial:
*Forma de Protecção: classificação; Nível de Classificação: interesse nacional; Motivo: Necessidade de acautelamento de especiais medidas sobre o património cultural móvel de particular relevância para a Nação, designadamente os bens ou conjuntos de bens sobre os quais devam recair severas restrições de circulação no território nacional e internacional, nos termos da lei nº 107/2001, de 8 de Setembro e da respectiva legislação de desenvolvimento, devido ao facto da sua exemplaridade única, raridade, valor testemunhal de cultura ou civilização, relevância patrimonial e qualidade artística no contexto de uma época e estado de conservação que torne imprescindível a sua permanência em condições ambientais e de segurança específicas e adequadas; Legislação aplicável: Lei nº 107/2001, de 8 de Setembro; Acto Legislativo: Decreto; nº 19/2006; 18/07/2006* Este objecto faz parte, do espólio de uma sepultura de incineração descoberta em Pombalinho (Santarém), em 1898 ou 1903.

Título

Local

Data Início

Encerramento

N.º Catálogo

Portugal - das Origens à Época Romana

Museu Nacional de Arqueologia

1989-10-16

1993-12-21

Um Gosto Privado, Um Olhar Público. Doações

Museu Nacional de Arqueologia

1995-01-01

1997-05-11

Religiões da Lusitania. Loquuntur saxa

Museu Nacional de Arqueologia

2002-06-27

Vita Vitri - O Vidro Antigo em Portugal

Museu Nacional de Arqueologia

2009-11-11

2010-04-30

 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica