MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
domingo, 23 de janeiro de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arqueologia
N.º de Inventário:
991.21.6
Supercategoria:
Arqueologia
Categoria:
Adereços (e objectos de adorno)
Denominação:
Espelho Etrusco
Grupo Cultural:
Etrusco
Datação:
I a.C. - I d.C. - Época Romana
Matéria:
Bronze
Técnica:
Fundição
Dimensões (cm):
altura: 27; diâmetro: disco:13,5;
Descrição:
O disco é ligeiramente convexo, formando um ressalto. Tem a face gravada, representando o grupo chamado da "sacra conversazione", constituído por quatro figuras, três delas seguramente femininas, que podem documentar quer o "julgamento de Páris", quer "As Três Graças com Hermes" ou, ainda o grupo das Horae. Uma das figuras femininas apresenta-se nua (Helena?) com o manto pelos ombros, pernas cruzadas, botins curtos (calcei) e pontiagudos, com gorro frígio na cabeça. As outras três figuras, de túnica e com gorro fígio, ocupam quase toda a cena, do lado esquerdo da jovem nua. O cabo é espesso, revestindo a forma de um crocodilo estilizado. Uma das figuras sugere um cenário etrusco ou italo-etrusco, segundo os cânones que foram adaptados e divulgados nos primeiros anos do Alto Império, quando a execução dos modelos iconográficos passou a ser menos cuidada. (M.S.P./L.C.)
Incorporação:
Doação - D. Luís Bramão
Proveniência:
Desconhecido
Origem / Historial:
*Forma de Protecção: classificação; Nível de Classificação: interesse nacional; Motivo: Necessidade de acautelamento de especiais medidas sobre o património cultural móvel de particular relevância para a Nação, designadamente os bens ou conjuntos de bens sobre os quais devam recair severas restrições de circulação no território nacional e internacional, nos termos da lei nº 107/2001, de 8 de Setembro e da respectiva legislação de desenvolvimento, devido ao facto da sua exemplaridade única, raridade, valor testemunhal de cultura ou civilização, relevância patrimonial e qualidade artística no contexto de uma época e estado de conservação que torne imprescindível a sua permanência em condições ambientais e de segurança específicas e adequadas; Legislação aplicável: Lei nº 107/2001, de 8 de Setembro; Acto Legislativo: Decreto; nº 19/2006; 18/07/2006* Em 1990 D. Luís Bramão doou ao Museu Nacional de Arqueologia um importante núcleo de peças arqueológicas etruscas, gregas e romanas entre as quais se inclui esta peça.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica