MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
segunda-feira, 3 de outubro de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arqueologia
N.º de Inventário:
994.19.6
Supercategoria:
Arqueologia
Categoria:
Epigrafia
Denominação:
Estela de Valeria Amoena
Grupo Cultural:
Romano
Datação:
II d.C. - III d.C. - Época Romana
Matéria:
Granito
Dimensões (cm):
altura: 68; largura: 38; espessura: 18;
Descrição:
Estela encimada por um frontão triangular ladeado por rolos; no tímpano salienta-se uma linha arqueada - um 'crescente' invertido?, a meio da qual se ergue perpendicularmente um elemento vertical; nas faces laterais foram insculpidas palmas estilizadas. Campo epigráfico ostensivamente dividido por quatro linhas horizontais; ainda que imperfeita, a paginação segue tendencialmente o eixo de simetria. Trata-se do epitáfio de uma mulher de avançada idade, identificada através de um gentilício latino - Valeria - e de um cognomen que, embora etimologicamente também latino, recobre no Ocidente hispânico um antropónimo indígena sensivelmente homófono: Amoena. Ainda que a leitura seja relativamente segura, temos dúvidas quanto à interpretação proposta para a última linha. (J.C. Ribeiro) D(iis) . M(anibus) . S(acrum) / VAL(eriae) . AMOE / NAE . A(nnorum) . LXX / V FI.LI(us) . Q(uintus) . F(ecit) // Consagrado aos Deuses Manes de Valeria Amoena, de 75 anos (de idade). O filho Quintus fez (este monumento).
Incorporação:
Doação - Dos Reitores de Cárquere
Proveniência:
Cárquere
Origem / Historial:
Desconhecido

Bibliografia

CERILLO E CRUZ, E. e M. - "La plástica indigena y el impacto romano em la Lusitania", Actas (...). Mérida: 1993, pág. p.169

GONÇALVES, Luís Jorge Rodrigues - Escultura romana em Portugal: uma arte do quotidiano., 2 Vols., Tese de Doutoramento. Mérida: Junta da Extremadura, 2007, pág. 420 e 118

MATOS, José Luís de - "Subsídios para um Catálogo da Escultura Luso-Romana", dissertação de licenc. apresentada à F.L.L.. Lisboa: 1966, pág. p.192 e 200

RIBEIRO, José Cardim (Coord) - Religiões da Lusitânia, Loquuntur saxa. Lisboa: IPM, 2002, pág. 553

VASCONCELOS, José Leite de - "Epigrafia do Museu Etnológico (Belém), Inscrições Romanas", in O Arqueólogo Português, vol. XXVIII. Lisboa: Imprensa Nacional, 1927-1929, pág. p.219, n.13

VASCONCELOS, José Leite de - Religiões da Lusitânia, vol.III. Lisboa: Imprensa Nacional, 1913, pág. p.455-457

 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica