MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
domingo, 23 de janeiro de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arqueologia
N.º de Inventário:
994.7.1
Supercategoria:
Arqueologia
Categoria:
Escultura
Denominação:
Estátua de Esculápio
Datação:
117 d.C. - 138 d.C. - Época Romana
Matéria:
Mármore
Dimensões (cm):
altura: 157; largura: 54,7; espessura: 34,3;
Descrição:
Figura masculina, erecta, descansando sobre a perna esquerda, com o corpo coberto por um manto ("himation"), a mão esquerda apoiada num bastão ao qual se enrola uma serpente. A cabeça volumosa mostra uma face de olhos salientes, barba, bigode e cabelos encaracolados e fartos, cabelo atado na nuca. O manto cola-se aos contornos do corpo, a mão direita repousa sobre o peito saindo da dobra do manto numa pose helénica típica. A peça destinava-se a ficar encostada e por isso as costas são quase lisas. A estátua está jarretada, mão esquerda, punho do bastão e cabeça da serpente mutilados, a cara desfigurada, um manto e outras superfícies esborcinadas. Esta estátua representa o deus greco-romano da medicina Esculápio, portador do característico bastão com serpente enrolada. Sobre o corpo foi posta a cabeça-retrato de um personagem que já foi identificado como sendo o imperador Adriano, dadas as feições muito próximas com as imagens daquele imperador. Porém, tudo leva a crer que o retratado seja afinal o dominus, o proprietário da villa em questão. Trata-se de uma deificação privada. A escolha de Esculápio alude à profissão do representado, que era médico.
Incorporação:
Compra - Compra ao proprietário da herdade.
Proveniência:
Herdade do Monte da Salsa
Origem / Historial:
Encontrada na Herdade do Monte da Salsa, Brinches, Serpa, em 1954, talvez no interior das termas romanas aí existentes. JUntamente com a estátua foram encontrados outros objectos que ficaram na posse do proprietário da herdade. Em 1972 o proprietário propõe a venda da estátua ao Museu, que a adquiriu pela quantia de 200.000$00, nesse mesmo ano.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica