MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
quarta-feira, 28 de setembro de 2022    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional de Arqueologia
N.º de Inventário:
994.9.1
Supercategoria:
Arqueologia
Categoria:
Escultura
Denominação:
Cabeça de Diónisos
Datação:
I d.C. - II d.C. - Época romana
Matéria:
Mármore
Dimensões (cm):
altura: 21,9; largura: 19,4; espessura: 17,9;
Descrição:
Cabeça efeminada e de grande beleza, coroada por um grinalda de parras e cachos de uvas. Os olhos sem pupila nem íris. O queixo e o nariz foram mutilados e algumas saliências esborcinadas. Representa o jovem Diónisos, o deus relacionado com a sabedoria mas sobretudo com a fertilidade dos campos. A cabeça do deus não se encontra acabada por trás, nem no alto, supondo-se que a peça estaria colocada junto a uma parede e em lugar elevado, porventura no jardim de uma domus da cidade de Myrtilis, com a função de tutela e protecção da natureza.
Incorporação:
Outro - Desconhecido
Proveniência:
Mértola.
Origem / Historial:
Talvez pertença ao conjunto de estátuas encontradas em Mértola no século XVI.

Bibliografia

GONÇALVES, Luís Jorge Rodrigues - Escultura romana em Portugal: uma arte do quotidiano., 2 Vols., Tese de Doutoramento. Mérida: Junta da Extremadura, 2007, pág. 252 a 253 e 78

MATOS, José Luís de - "Subsídios para um Catálogo da Escultura Luso-Romana", dissertação de licenc. apresentada à F.L.L.. Lisboa: 1966, pág. 68

RIBEIRO, José Cardim (Coord) - Religiões da Lusitânia, Loquuntur saxa. Lisboa: IPM, 2002, pág. 495

SOUSA, Vasco de - "Corpus Signorum Imperii Romani - Corpus der Skulpturen der Römischen Welt - Portugal". Coimbra: 1990, pág. 10

 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica