MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contacts  separator  Help  separator  Links  separator  Site Map
 
Tuesday, August 04, 2020    INTRODUCTION    ORIENTED RESEARCH    ADVANCED RESEARCH    ONLINE EXHIBITIONS    INVENTORY GUIDELINES 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
OBJECT DETAILS
Museum:
Museu Nacional de Arqueologia
Inventory number:
16970
Supercategory:
Arqueologia
Category:
Cerâmica
Name:
Bilha
Cultural Group:
Islâmico
Date / Period:
XV A.D - XVI A.D - Idade Moderna - Contexto Islâmico
Material:
Cerâmica
Technique:
Roda
Measurments (cm):
height: 22,7; depth: 16,5; thickness: 0,6; diameter: Base: 8,7;
Description:
Bilha de cerâmica, coberta de engobe beige claro em ambas as faces. Apresenta base plana, bojo ovóide, arranque de duas asas e uma porção do colo. Decorada no bojo com caneluras paralelas dispostas horizontalmente. Na parte superior do bojo e junto do colo ostenta uma faixa irregular de esmalte verde escuro com algumas manchas de cor castanha. No interior do colo visíveis escorridelas de esmalte amarelado e castanho. Na base existem círculos concêntricos formados por sulcos. Pasta beige clara, homogénea e bem depurada. As características tipológicas desta bilha, a pasta assim como a decoração que consiste na existência de uma mancha de esmalte verde de tom forte e ainda as escorridelas de esmalte no interior da peça permitem situá-la no contexto de produções cerâmicas de tradição islâmica, atribuíveis aos séculos XV - XVI.
Incorporation:
Outro - Desconhecido
Provenance:
Silves - Sé.
Origin / History:
Bilha encontrada na zona da Sé de Silves numa cisterna. Desconhece-se o colector e ao modo de incorporação no Museu. Silves, reconquistada definitivamente pelos Portugueses em 1242, manteve após a conquista cristã um importante núcleo populacional agrupado na mouraria. O Livro do Almoxarifado de Silves, redigido no último quartel do séc. XV, regista a existência de um forno de olaria situado na mouraria e indica o nome do oleiro chamado Muça o que atesta claramente a continuidade da tradição islâmica. No acervo do MNA existem outros artefactos cerâmicos que se situam na mesma linha de continuidade, tais como escudelas, nº Inv. 17034/Mértola ou pratos com ônfalo, nomeadamente os nºs Inv. 17037 e 17038/ de proveniência desconhecida que continuam a tradição de produções islâmicas no que diz respeito a formas e técnicas de fabrico.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Terms & Conditions  separator  Credits