MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
terça-feira, 25 de fevereiro de 2020    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Museu Nacional do Teatro
N.º de Inventário:
MNT 245131
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Espólio documental
Denominação:
Cartaz do filme "Canção de Lisboa"
Datação:
1933 d.C.
Matéria:
tinta
Suporte:
papel
Técnica:
litografia
Dimensões (cm):
altura: 111,6 cm; largura: 89.5 cm;
Descrição:
Cartaz do filme "A Canção de Lisboa" com realização de Conttinelli Telmo, numa produção da Tobis Portuguesa. Cartaz com desenho caricaturado de Vasco Santana a tocar guitarra em tons de castanho e amarelo. Identificação da produtora, do realizador e dos principais atores: Vasco Santana, Beatriz Costa e António Silva. O desenho é de autoria de Almada Negreiros.
Incorporação:
Doação - Carlos Porto
Origem / Historial:
"A Canção de Lisboa" (1933), do realizador Cottinelli Telmo. Produção de Tobis Portuguesa; Argumento de Cottinelli Telmo; Diálogos de José Galhardo; Genérico de Almada Negreiros; Música de René Bohet e Jaime Silva Filho; Letra das canções de José Galhardo; Direcção de Produção de João Ortigão Ramos; Distribuição de J. Castello Lopes, Filmes Alcântara; Intérpretes/Personagens: Beatriz Costa (Alice), Vasco Santana (Vasco Leitão), António Silva (Alfaiate Caetano), Teresa Gomes e Sofia Santos (Tias de Trás-os-Montes), Alfredo Silva (Sapateiro), Manoel de Oliveira (Carlos), Eduardo Fernandes (Quicas), Manuel Santos Carvalho (Dono do Retiro), Silvestre Alegrim (Criado do Retiro), Ana Maria (Namorada de Carlos), Álvaro de Almeida (Homem do Chapéu no Jardim Zoológico), Carlos Deus (Polícia), Francisco Santos, José Victor e Guimarães Frazão (Examinadores), Malveira, Henrique Alves e José Santos (Júri), Júlia da Assunção, Artur Rodrigues, Reginaldo Duarte, Sebastião Ribeiro, Maria Albertina, Alcibíades, Francisco Costa, Fernanda Coimbra e Silva Araújo. O filme estreou no São Luiz a 7 de Novembro de 1933.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica