MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sábado, 26 de setembro de 2020    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Palácio Nacional da Ajuda
N.º de Inventário:
2722
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Pintura
Denominação:
Episódio da Batalha de S. Martino
Autor:
Vittori, Fillipo
Datação:
XIX d.C.
Matéria:
Óleo
Suporte:
Tela
Dimensões (cm):
altura: 197; largura: 298;
Descrição:
No centro da composição, um pouco para a direita, vê-se Vítor Manuel II montando um cavalo branco, acompanhado por alguns oficiais de cavalaria, inspeccionando o campo onde se travou a Batalha de San Marino. Todo o primeiro plano está preenchido com os corpos dos soldados mortos. Tudo sob um céu carregado de nuvens escuras, com uma aberta à direita, de onde irrompe um foco de luz, que ilumina o rei e sua comitiva.
Incorporação:
Transferência - Pertencia à colecção de pintura do rei D. Luís.
Origem / Historial:
Segundo informação do Diário de Notícias, na sua edição de 03-12-1867, o pintor Vittori deixou a D. Luís três pinturas, uma das quais é esta. Pode ter sido uma oferta de Vítor Manuel II, já que a colecção Sertieri (Roma) conservou uma tela representando este monarca visitando o atelier do artista, que executava esta cena de batalha. A obra deu entrada na Galeria de Pintura, figurando nos catálogos de 1869 e 1872 com os números 34 e 2, respectivamente. Na lista de partilha de bens de 1889 (por morte de D. Luís), recebeu o n.º 90. Por ocasião da implantação da República, estava na Galeria de Quadros, tendo sido inventariada com o n.º X''' 108. Após 1968, foi colocada no Corredor Largo, onde ainda hoje se mantém. A Batalha de San Marino (ou de San Martino, segundo alguns) deu-se a 24-06-1859, no âmbito da 2ª Guerra da Independência da Itália. Foi travada entre as tropas francesas e sardo-piemontesas, comandadas respectivamente por Napoleão III e Vítor Manuel II, e o exército austríaco, liderado por Francisco José I. Venceram os primeiros, após uma extrema defesa tentada no Rio Mincio pelos segundos.
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica