MatrizNet

 
Logo MatrizNet Contactos  separador  Ajuda  separador  Links  separador  Mapa do Site
 
sábado, 23 de fevereiro de 2019    APRESENTAÇÃO    PESQUISA ORIENTADA    PESQUISA AVANÇADA    EXPOSIÇÕES ONLINE    NORMAS DE INVENTÁRIO 

Animação Imagens

Get Adobe Flash player

 


 
     
     
 
FICHA DE INVENTÁRIO
Museu:
Palácio Nacional de Sintra
N.º de Inventário:
PNS1685
Supercategoria:
Arte
Categoria:
Cerâmica
Denominação:
Chávena
Autor:
Albert Dammouse
Local de Execução:
França
Centro de Fabrico:
Limoges
Oficina / Fabricante:
Théodore Haviland - Limoges / distribuidor - A la Paix - 34, Avenue de L' Opéra, Paris
Datação:
1894 d.C. - 1902 d.C. - Finais do século XIX inicio do século XX
Matéria:
Porcelana, ouro e vidrado.
Técnica:
Peça moldada e pintura manual.
Dimensões (cm):
altura: 6,5; largura: 13,2; diâmetro: 11,2;
Descrição:
Chávena de almoço em porcelana. Bocal quase cilíndrico com friso dourado. Bojo saliente de tom verde-amêndoa com sulcos verticais, decorado com grinalda branca relevada, formada por seis pequenas flores ligadas entre si por arabescos e por monograma coroado da rainha D. Maria Pia a dourado, vermelho e verde (o monograma e a coroa são estampados e retocados à mão). Asa dourada com friso vermelho em forma de folha. Pé recuado, recortado com decoração similar ao bojo, finalizada por filete dourado.
Incorporação:
Compra - Adquirido pela rainha D.Maria Pia
Origem / Historial:
Esta peça faz parte de um serviço de jantar, pequeno almoço, chá e café Théodore Haviland - Limoges, para 20 pessoas (incompleto), adquirido pela Rainha D. Maria Pia. No século XIX era de uso diário da mesa de Estado no Palácio de Sintra. Actualmente é constituído por 501 peças: 198 pratos de guardanapo (do nº de inv. 1326 ao 1523) 23 pratos sopeiros (do nº de inv. 1524 ao 1546) 98 pratos de sobremesa (do nº de inv. 1547 ao 1644) 2 travessas compridas pequenas (do nº de inv. 1645 ao 1646) 2 travessas compridas médias (do nº de inv. 1647 ao 1648) 2 travessas compridas grande (do nº de inv. 1649 ao1650) 2 travessas redondas pequenas (do nº de inv. 1651 ao 1652) 2 travessas redondas médias (do nº de inv. 1653 ao 1654) 2 travessas redondas grandes (do nº de inv. 1655 ao 1656) 2 saladeiras (do nº de inv. 1657 ao 1658) 2 molheiras (do nº de inv. 1659 ao 1660) 2 Açucareiros (do nº de inv. 1661 ao 1662) 2 pratos cobertos (do nº de inv. 1663 ao 1664) 8 saleiros (do nº de inv. 1665 ao 1672) 12 Travessas para conservas (do nº de inv. 1673 ao 1684) 23 chávenas para almoço (do nº de inv. 1685 ao 1707) 24 pires de almoço (do nº de inv. 1708 ao 1731) 24 chávenas de chá (do nº de inv. 1732 ao 1755) 23 pires de chá (do nº de inv. 1756 ao 1778) 24 chávenas de café (do nº de inv. 1779 ao 1802) 24 pires de café (do nº de inv. 1803 ao 1826) No arquivo documental do Palácio Nacional de Sintra, na pasta - "Ofícios de 1903 a 1910 Diversos", existe uma relação das louças e vidros existentes neste Palácio em 1 de Janeiro de 1906, onde consta a contagem e sumária descrição deste serviço (Limoges nº de invº antigo 370) que passamos a transcrever: "Serviços de louças e vidros que estão no Real Paço de Cintra em 1 de Janeiro de 1906 Louça nº 25 com borda dourada coroa e monograma pertence a S. M. R. a R. D. Maria Pia (alguma tem flores brancas) 24 pratos sopeiros 200 pratos de guardanapo 100 pratos de sobremeza (um partido tem parte feita) 6 pratos de entrada (um rachado foi para gatiar) 2 pratos cobertos 2 tampas dos ditos 6 travessas diferentes 12 travessas para conservas 2 suceiras 8 saleiros 2 saladeiras 2 assucareiros feitio de terrinas 2 tampas dos ditos 24 chávenas para chá 24 pires dos ditos 24 chávenas para café 24 pires dos ditos 24 chávenas para almoço 24 pires dos ditos Este serviço, criado por Daummouse, foi muito apreciado por Théodore Haviland que o escolheu para seu uso pessoal e figurou na maior parte das exposições da primeira metade do século, tendo recebido o primeiro prémio na "L' Exposition Universelle" de 1900. Em 1902 a rainha D. Maria Pia encomenda um serviço de jantar, pequeno almoço, chá e café em porcelana Limoges idêntico, como atesta o documento de orçamento da casa A La Paix, de Paris (distribuidora da fábrica Théodore Haviland) - Arquivo do P.N.A inv. 13892/A. Serviço para 20 pessoas destinado ao Palácio Nacional de Sintra para uso diário da mesa de Estado. O serviço chega ao Palácio Nacional da Ajuda em Março de 1902 e dá entrada no Palácio Nacional de Sintra em 25 de Abril de 1903, onde permanece até hoje. Este objecto está relacionado com os seguintes objectos (2.0): Nº de inventário: ; Denominação: Listagem do serviço em 25 de Abril de 1903; Localização: Documento do Arquivo Histórico do Palácio Nacional da Ajuda Nº de inventário: ; Denominação: Listagem actual das peças existentes no P.N.S. e P.N.A; Localização: Nº de inventário: ; Denominação: Listagem do serviço em 7 de Março de 1902; Localização: Documento do Arquivo Histórico do Palácio Nacional da Ajuda
 
     
     
   
     
     
     
 
Secretário Geral da Cultura Direção-Geral do Património Cultural Termos e Condições  separador  Ficha Técnica